Início » Posts etiquetados como 'pele'

Arquivo da tag: pele

MELHORES TRATAMENTOS ALTERNATIVOS DO MUNDO!

WWW.NUTRICAOBRASIL.ME

Dr. Júlio Caleiro – Nutricionista

 

Para receber atendimento ou tratamento entre em contato:

WATSAPP 35 9 8835 4802wats    –  EMAIL – juliocaleiro@hotmail.com

 

Fitoceramidas aumentam a umidade da pele e podem ajudar a tratar psoríase e acne

Para receber atendimento ou tratamento entre em contato:

WATSAPP 35 9 8835 4802wats    –  EMAIL – juliocaleiro@hotmail.com

phytorenew350

19/07/2018. Por Dr. Júlio Caleiro, nutricionista.

Para receber orientação expressa entre em contato no email  – juliocaleiro@hotmail.com   

ou  Para agendar consulta ligue – 35 3531-8423

 

By; Júlio Caleiro.

Pele seca ou escamosa, rachaduras na pele, pele vermelha inflamada e linhas finas indicam que a barreira da pele pode estar precisando de alguma ajuda. Acne, pele seca, psoríase, dermatite alérgica ou infecções de pele com cândida ou estafilococos podem estar presentes. A perda ou diminuição da ‘cola’ que mantém as células da pele juntas é um ponto crucial para a quebra da barreira da pele. A proteção dessa barreira é essencial e necessita de um lipídio especial, ou gordura, chamada CERAMIDAS.

As ceramidas são cruciais para a formação da barreira da pele e ajudam as células da pele a se unirem. Isso ajuda a manter a umidade. As ceramidas desempenham diversas funções celulares, quais sejam, diferenciação, sinalização e apoptose dentro da pele e imunologia. As ceramidas são responsáveis pela função de barreira da pele e são consideradas espinha dorsal fundamental para a pele. Formas naturais de ceramidas à base de plantas chamadas FITOCERAMIDAS ajudam a manter a barreira da pele intacta.

Ceramidas ajudam no tratamento de psoríase, dermatite, pele seca

Os distúrbios da pele e o envelhecimento causam uma quebra na barreira da pele e levam à secura da pele. A psoríase, a dermatite atópica ou alérgica, a pele envelhecida, a acne vulgaris, a dermatite e a doença de Nimann-Pick, diminuem os níveis de ceramidas. Um estudo concluiu que: “o nível reduzido de ceramidas regula negativamente a via apoptótica, levando à proliferação epidérmica na psoríase.”(https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16479073)

Outro estudo científico constatou níveis reduzidos de ceramidas na psoríase – https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/8166482

A suplementação de ceramidas à base de plantas tem demonstrado, em estudos em animais e humanos, ser segura e eficaz para a hidratação da pele e o reforço da barreira da pele.

A degradação da pele na dermatite alérgica/atópica e outras desordens da pele reflete uma decomposição complexa que envolve uma resposta imune alterada com marcadores inflamatórios (IL-4, IL-13), desequilíbrio Th1, Th2, Th17 e Th22 e um aumento na produção de citocinas. A quebra na camada mais profunda da pele ocorre com a perda de ceramidas, outros lípidos, proteínas e/ou genes. Em razão da quebra da barreira, ocorre a perda de água e há um aumento na exposição a alérgenos e germes. O sistema imunológico desencadeia a quebra da barreira e a quebra da barreira desencadeia a reatividade imunológica. É um colapso de dentro para fora e de fora para dentro. Isso pode levar a problemas com dermatite alérgica e até infecções da pele. (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28709564)

Em casos mais graves de dermatite atópica, a quebra da pele pode resultar em uma infecção tópica por bactérias e cândida. O British Journal of Dermatologymostrou que os níveis diminuídos de ceramida se correlacionaram com a colonização por Staphylococcus aureus na pele com dermatite alérgica. O tratamento médico geralmente se concentra em antibióticos orais. No entanto, este novo achado sugere que quando as ceramidas e outros lipídios estão comprometidos na pele com dermatite alérgica, a colonização ou a infecção por staph é mais provável. Consertar a fonte do problema é crucial para obter um nível mais profundo de cura. (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28244066)

As infecções por cândida da pele representam uma ameaça para os jovens e os idosos com sistemas imunológicos comprometidos. Um estudo de 1997 demonstrou que, quando faltavam lípidos saudáveis ​​como ceramidas na pele, a candida na pele duplicou. Quando a pele apresentava níveis saudáveis ​​de ceramida, a adesão da candida à pele foi bloqueada. – https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/9407165

Em um estudo randomizado, duplo-cego controlado por placebo, as fitoceramidas apresentaram melhora significativa na pele seca. 51 mulheres de 20 a 63 anos com pele seca à muito seca receberam placebo ou fitoceramidas por três meses. O ressecamento da pele foi significativamente melhorado em todos os perímetros medidos. Os participantes toleraram o suplemento de fitoceramidas com apreciação simultânea para a melhora da pele seca (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20646083).

Acne e fitoceramidas

Acredita-se que a disfunção da barreira da pele seja uma das causas da acne. A pesquisa sugere que o comprometimento da função de barreira da pele causada pela diminuição da quantidade de ceramidas pode ser responsável pela formação de comedões. – (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/7763094

Vários estudos mostram benefícios positivos para o uso de fitocerâmicos para ajudar a melhorar a acne. Fitoceramidas representam um suporte anti-inflamatório e anti-microbiano para a pele. Os resultados do estudo sugerem que estes compostos melhoram e complementam outras terapias da acne.- https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18489348

Referências:

https://www.wellnessresources.com/news/ceramides-increase-skin-moisture-and-help-psoriasis-acne

http://www.lifeextension.com/Magazine/2014/11/Phytoceramides-Skin-Rejuvenation-From-The-Inside-Out/Page-01

http://www.lifeextension.com/Magazine/2018/8/Plant-Ceramides-Reduce-Skin-Wrinkles/Page-01

http://www.lifeextension.com/Magazine/2017/3/Ceramides-Create-Youthful-Skin-from-Within/Page-01

https://nutricaobrasil.wordpress.com/2013/12/17/ceramidas-trata-de-pele-seca-dermatite-eczemas-e-ainda-protege-a-pele-do-envelhecimento-precoce/

Ceramidas trata de pele seca, dermatite, eczemas e ainda protege a pele do envelhecimento precoce

Uma pele saudável é uma pele protegida. Não deixe de usar protetor solar!

Em 17 de dezembro de 2013, Julio Caleiro, nutricionista. Fone (35) 3531-8423.

No ano 2000, os suplementos orais de ceramida receberam aprovação governamental no Japão para uso geral, embora as mulheres japonesas já estavam ingerindo ceramidas concentradas no alimento típico konjac há vários anos. – www.fda.gov/ohrms/dockets/dockets/95s0316/95s-0316-rpt0275-04-Udell-vol211.pdf.

As ceramidas também são encontradas na pele humana naturalmente, e seus níveis diminuem drasticamente com o avanço da idade. Ceramidas vegetais ingeridas oralmente tem mostrado eficácia na reposição daquelas perdidas pelo envelhecimento e também em razão de danos da pele.Uma pesquisa sugere que este método de reposição por via oral melhora a funcionalidade das ceramidas e gera resultados não observados através de aplicação direta na pele, tópica. (Boisnic, Beranger JY, Branchet MC. Anti-elastase and anti-radicalar effect of ceramides. Product Research Report. Hitex)

Com o envelhecimento da pele aumenta-se a necessidade de se repor ceramidas. Mais do que apenas um problema cosmético, o envelhecimento da pele expõe a riscos significativos para a saúde a partir de microorganismos infecciosos, radiação UV, aumento a susceptibilidade à dermatites por contato de substancias químicas ambientais. É preciso que a pele esteja em seu melhor funcionamento, a fim de regular adequadamente a temperatura do corpo, sintetizar quantidades ideais de vitamina D e fornecer estímulos sensoriais do meio ambiente.

Estudos confirmam um declínio do teor de ceramida no envelhecimento da pele humana, possivelmente devido a um declínio na atividade da enzima que ajuda a fornecer ceramidas na forma utilizável para a pele (J Dermatol Sci. 1990 Mar;1(2):79-83.)

Em um estudo pesquisadores testaram a e eficácia de uma dose de ceramidas e os resultados foram notáveis, a fórmula restaurou quase completamente quem sofria de pele seca e coceira em 95%. – J Med Esth et Chir Derm. 2007 Dec; 34(136):239-42. Esses lipídeos vegetais não só hidratam, mas combatem doenças como eczema e dermatite, e dão suprote a integridade estrutural da pele para evitar rugas e linhas finas.

A superfície da pele representa a principal barreira ao ambiente externo, e como tal, é a primeira linha de defesa contra infecção microbiana. Os lipídios na superfície da pele, incluindo as ceramidas, compreendem uma parte principal de uma barreira antimicrobiana. Quando esta barreira se torna comprometida, em razão, por exemplo, da idade, inúmeros problemas de saúde podem surgir.

No caso da dermatite atópica, as concentrações de ceramida na pele são diminuídas Am Acad Dermatol. 2001 Jul;45(1 Suppl):S29-32.) e geralmente possuem concetranções mais elevadas de bactérias, especialmente Staphylococcus aureus sobre a superfície da pele (Br J  ermatol. 1998 Dec;139 Suppl 53:13-6.). Um estudo confirmou que o aumento da colonização pela bactéria Staphylococcus aureus está correlacionada com a redução de ceramidas da superfície da pele, e essa bactéria tem potencial significativo de causar infecções (J Invest Dermatol. 2002 Aug;119(2):433-9.; Br J Dermatol. 1998 Dec;139 Suppl 53:1-3.; Clin Microbiol Infect. 2001 Jun;7(6):301-7.; Burns. 2002 Dec;28(8):738-44.).

S. Pyogenes é outra bactéria que é causa comum de infecções de pele, incluindo, erisipela e celulite, que são caracterizadas pela proliferação das bactérias nas camadas profundas da pele (J Hosp Infect. 1997 Mar;35(3):207-14.).

A dermatite atópica, como outras condições inflamatórias da pele, é uma condição relacionada ao sistema imunológico. Por isso, os corticosteróides tópicos e outros agentes imunossupressores são os pilares da terapia convencional, mas os riscos de toxidade a partir destes agentes é alto, especialmente em crianças. Um estudo destinado a investigar a patogênese da dermatite de contato alérgica e outras doenças inflamatórias da pele descobriram que reparar a ruptura na barreira por ceramidas, aliado a medicações tópicas, alivia a dermatite atópica em criançasJ Am Acad Dermatol. 2002 Aug;47(2):198-208.

Num outro estudo, onde 560 pacientes com dermatite alérgica e dermatite irritante foram tratados com ceramidas com combinação de corticosteróides tópicos por 8 semanas, e outro grupo só com corticosteróides. Constatou-se que os indivíduos que usaram ceramidas em combinação com corticosteróides experimentaram maior alívio, em comparação com aqueles que usaram apenas corticosteróides. Contact Dermatitis. 2001 Nov;45(5):280-5.

Terapia com ceramida também provou ser eficaz no combate a coceira e inflamação causada por eczema. Além disso, o tratamento de ceramida foi mostrado para normalizar a pele e reduzir os sintomas em pacientes que sofrem desta condição. Cutis. 2007 Dec;80(6 Suppl):2-16.

*Todas as referências científicas estão citadas no corpo do artigo.