Início » EVIDÊNCIAS » TRATE O PARKINSON E DOENÇA DE CRONH COM SUPLEMENTAÇÃO, ATIVIDADE FÍSICA E JEJUM!

TRATE O PARKINSON E DOENÇA DE CRONH COM SUPLEMENTAÇÃO, ATIVIDADE FÍSICA E JEJUM!

Categorias

Anúncios

Publicado em 14 de Abril de 2018 – São Sebastião do Paraíso -MG-

Para receber atendimento expresso entre em contato  no email  juliocaleiro@hotmail.com    ou  35 3531 8423

 

brain

 

By, Ed. Júlio Caleiro – Nutricionista

A doença de Parkinson é um distúrbio neurológico no qual os neurônios das células produtoras de dopamina, em uma região do cérebro conhecida como substância nigra, necessária para o movimento normal, começam a morrer. Os sintomas, que tipicamente progridem ao longo do tempo, incluem tremores, movimentos lentos, membros rígidos, postura inclinada, incapacidade de se movimentar, expressões faciais reduzidas e marcha arrastada. A condição também pode causar depressão, demência, dificuldades de fala, alterações de personalidade e dificuldades sexuais.

A condição afeta até um milhão de americanos,  e as as atividades do dia-a-dia podem ser um verdadeiro desafio. No entanto, pesquisas recentes sugerem que o exercício pode ser benéfico; melhorando o equilíbrio, a mobilidade e a qualidade de vida em geral. Uma dieta cetogênica também pode ser útil, e o jejum demonstrou ter um impacto benéfico geral sobre o sistema imunológico e a função cerebral, ajudando a proteger contra as alterações celulares associadas à doença de Parkinson.

Exercício Benefícios Aqueles com Parkinson

No estudo apresentado, um total de 231 pacientes com Parkinson que foram divididos em dois grupos. Um grupo recebeu seus cuidados habituais, enquanto o outro participou de 40 a 60 minutos de exercício, três vezes por semana, durante seis meses. Nos pacientes com doença menos grave, aqueles que se exercitaram relataram uma redução de 70% nas quedas. ( Para receber o protocolo de tratamento de exercícios corretos e o tipo para cada idade, bem como a dieta entre em contato no email do Dr. Júlio Caleiro – (juliocaleiro@hotmail.com).

Segundo os autores:

“Um programa de exercícios visando equilíbrio, força nas pernas reduziu as quedas e melhorou a saúde física e psicológica. As quedas foram reduzidas em pessoas com doença mais leve, mas não naquelas com doença de Parkinson mais severa.”

Outra pesquisa encontrou benefícios similares. Por exemplo, um estudo de 2012 constatou que um tipo de exercício  de baixa intensidade melhorou a velocidade da marcha, e os exercícios de alta e baixa intensidade melhoraram aptidão cardiovascular. Não surpreendentemente, exercícios de alongamento e resistência também melhoraram a força muscular. Outro estudo sueco de 12 anos juntamente com uma suplementação e dieta específicos, que incluiu quase 44.000  pessoas, concluiu que seis horas de exercícios específicos moderado semanalmente pôde reduzir em 43% o risco de desenvolver a doença de Parkinson.

As origens tóxicas do Parkinson

Parece haver uma influência tóxica pronunciada no trabalho na doença de Parkinson, o que torna as considerações dietéticas ainda mais importantes bem como a suplementação detox. Quase uma dúzia de pesticidas comumente usados foram ligados ao Parkinson, por exemplo, sugerindo que sua melhor aposta é manter uma dieta orgânica o máximo possível, e eliminar todos os metais pesados e químicas nocivas do corpo, através da suplementação de quelação. Até mesmo a exposição ambiental a pesticidas aumentou o risco de doença de Parkinson consideravelmente, e ter uma variante genética específica aumenta em seis vezes o risco da doença após a exposição a pesticidas.

A doença de Parkinson ainda é classificada como idiopática, ou seja, não tem causa identificável específica mas multifatorial. Mas uma razão pela qual é provável que esteja em ascensão é devido a muitas toxinas ambientais que agora bombardeiam nooso corpo diariamente, com a exposição a pesticidas se tornando um fator de risco inegável. Evitar a exposição a pesticidas – em sua casa, em sua comunidade e através dos alimentos que você come – é claramente importante para reduzir o risco de Parkinson, assim como reduzir a exposição a toxinas ambientais de todos os tipos. Outro fator de risco ambiental importante e muitas vezes negligenciado são os obturações dentárias amálgamas, das quais 50% são mercúrio – uma neurotoxina conhecida. O mercúrio se transforma algo em seu corpo, fazendo com que as membranas celulares vazem e inibe as principais enzimas que seu corpo precisa para a produção de energia e remoção de toxinas. A toxicidade do mercúrio pode levar a grandes inflamações e doenças crônicas, como a doença de Parkinson e outras doenças neurodegenerativas como a E.L.A.

O jejum ajuda a melhorar o sistema imunológico e a função cerebral

O jejum é conhecido por ter uma série de benefícios à saúde, incluindo perda de peso e melhora da sensibilidade à insulina e à leptina, mas uma nova pesquisa também sugere que o jejum ajuda a reforçar a função do sistema imunológico. Se você está abaixo do peso, deve ter muito cuidado ao implementar o jejum sem supervisão profissional. Segundo o co-autor do estudo Valter Longo, diretor do USC Longevity Institute:

“Quando você passa fome, o sistema tenta economizar energia, e uma das coisas que ele pode fazer para economizar energia é reciclar muitas células imunes que não são necessárias, especialmente aquelas que podem ser danificadas.  O que começamos a notar em ambas é: “Nosso trabalho humano e trabalho com animais, é que a contagem de células brancas do sangue diminui com o jejum prolongado. Então, quando voltamos a alimentar, as células do sangue voltam com aspecto melhorado.”

Os glóbulos brancos são os principais combatentes da doença. Curiosamente, quando você jejua, um “interruptor regenerativo” é ativado, promovendo a regeneração baseada em células-tronco de seu sistema hematopoiético, que está envolvido na produção de sangue. Conforme relatado pelo Medical Daily: 12

“Depois que os participantes do teste ficaram sem comida por dois a quatro dias ao longo de seis meses, o sistema hematopoiético matou células imunes mais velhas e danificadas e gerou células novas.  O sistema é composto dos órgãos envolvidos na criação de sangue novo, liderando o cientistas acreditam que suas descobertas terão grandes impactos no envelhecimento mais saudável …e ajudará a tratar doenças autoimunes como doença de Crohn e outras.

Com cada jejum, a depleção de glóbulos brancos desencadeou novas células no sistema imunológico. Quando a enzima PKA foi reduzida junto com as células no processo de jejum, sua equipe perceberam que havia um interruptor sendo ligado. A mudança possibilitou a criação de novas células e também reduziu os níveis de IGF-1, um hormônio que está ligado ao envelhecimento, ao crescimento do tumor e ao risco de câncer “.

Além disso, há pesquisas interessantes indicando que o jejum intermitente com uma suplementação específica também pode ter um impacto muito benéfico na sua função cerebral. Pesquisa do Dr. Mark Mattson  sugere que o jejum em dias alternados tende a aumentar o fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF) de 50% a 400%, dependendo da região do cérebro. O BDNF ativa as células estaminais do cérebro para se converterem em novos neurônios e desencadeia inúmeras outras substâncias químicas que promovem a saúde neural. Esta proteína também protege as células do cérebro de alterações associadas à doença de Parkinson e Alzheimer.

Para que o tratamento possa atuar contra as doenças citadas o protocolo de suplementos diário deve ser incrementado juntamente com os protocolos de atividade física e jejum.

Para receber o protocolo de tratamento suplementar com jejum, e atividade física entre em contato no email     juliocaleiro@hotmail.com

 

ou  pelo telefone – 35 3531 8423

 


Referências: – MERCOLA

1 Parkinson’s Disease Foundation, Statistics
2 Neurology December 31, 2014
3 See Neurology December 31, 2014
4 Medical News Today November 6, 2012
5 JAMA Neurol. 2013;70(2):183-190
6 Medical News Today November 19, 2014
7 Brain November 19, 2014
8 European Journal of Epidemiology July 2011, Volume 26
9 Neurology February 4, 2014
10 Medical Daily January 5, 2015
11 Eurekalert June 5, 2014

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: