Início » EVIDÊNCIAS » CARNITINA TRATA COM EFICÁCIA O HIPERTIREOIDISMO!

CARNITINA TRATA COM EFICÁCIA O HIPERTIREOIDISMO!

HIPER

By- Dr Júlio Caleiro – Nutricionista – São Sebastião do Paraíso – MG, Publicado em 16 de Julho de 2015.

Para receber uma orientação expressa, envia emails para – juliocaleiro@hotmail.com

CARNITINA E HIPERTIREOIDISMO

O tratamento tradicional das condições de hipertireoidismo são prescritos medicamentos que destroem ou prejudicam a glândula tireoide e seu funcionamento, com intenção de controlar a taxa metabólica elevada. Essas drogas podem ter efeitos colaterais importantes, e muitas vezes deixam os pacientes em estado de hipotireoidismo após o tratamento. Uma das características mais proeminentes dos estado clínico do hipertireoidismo é a fraqueza dos músculos esqueléticos que podem ser debilitantes para muitas atividades básicas, os cientistas há mais de quatro décadas tiveram muitas peças para montar “o quebra-cabeça” sobre a causa desta fraqueza muscular e como tratá-la. Como tantos outros mistérios médicos, no entanto, este teve que aguardar um pesquisador dedicado e sua equipe que poderia colocar todas as peças no lugar. O endocrinologista Dr. Salvatore Benvenga médico italiano e seus colegas, chegaram a uma conclusão emocionante, vamos seguir aqui seu raciocínio e como eles exploraram as descobertas científicas que remonta ao final de 1950 para dar início a sua própria pesquisa original.

Os primeiros estudos publicados na literatura moderna sobre os efeitos da ‘carnitina’ no hipertireoidismo veio da Alemanha, no pós-guerra, em 1959, com a observação de que a carnitina teve um impacto sobre o hiper funcionamento da tireoide. Três anos mais tarde, os mesmos pesquisadores relataram o uso da carnitina no tratamento de hipertiroidismo; que posteriormente demonstrou que a carnitina afetou o acúmulo de iodo no tecido tireoidiano. Embora outro grupo de pesquisa alemão informou sobre a utilização de carnitina no tratamento de hipertireoidismo no final de 1960, pouca exploração do nutriente ocorreu como uma terapia potencial.

Através dos anos 1970, pesquisadores japoneses descobriram que houve um aumento na excreção de carnitina na urina de paciente com hipertireoidismo. A Carnitina é um nutriente essencial para o transporte de combustível (ácidos graxos em sua maioria) para os “fornos” celulares, conhecidos como mitocôndrias. Como células musculares queimam os ácidos de gorduras, em uma resposta ao aumento da atividade da tireoide, o volume de carnitina é aumentado dramaticamente, utilizando-se a carnitina estocada enquanto potencialmente aumenta as perdas urinárias ao mesmo tempo.

Embora o aumento da atividade da tireoide aumenta a necessidade de carnitina nas células, e aumenta a perda de carnitina na urina, algumas evidências sugerem que os hormônios da tireoide pode realmente suprimir a produção natural de carnitina, reduzindo ainda mais a disponibilidade deste nutriente vital. Se as células musculares perdem a oferta carnitina que ajuda a importar ácidos graxos a sua melhor fonte de função muscular de combustível, a suplementação deve ser feita.

O hipertireoidismo é caracterizado por sintomas como fraqueza muscular, nervosismo, tremores, dificuldades de sono e perda de peso. Os indivíduos afetados podem também experimentar emergência médica potencialmente mortal que aumenta a frequência cardíaca e a pressão arterial rapidamente. O aumento da atividade da tiróide pode aumentar a necessidades das células para carnitina, enquanto aumenta a perda de carnitina na urina. Os indivíduos que sofrem de hipertiroidismo podem, portanto, suplementar a carnitina, porém na forma correta, e na dosagem ideal. Em estudos clínicos, a suplementação de carnitina ajudou a prevenir ou reverter a fraqueza muscular e outros sintomas em indivíduos que sofrem de hipertiroidismo. Em um relato de caso, a carnitina mostrou em ajudar a prevenir o possível resultado letal da tempestade da tiroidiana, uma situação muito grave da doença.

A carnitina pode ajudar a proteger a saúde e a força muscular em uma variedade de condições, incluindo hipertiroidismo.

Existe a dosagem e formulação correta, e o horário certo em tomar a carnitina para tratar o hipertireoidismo. Não tome remédio nem suplementos sem o conhecimento do seu médico ou nutricionista respectivamente.

——————————————————————-
Referências:

1. Laurberg P, Andersen S, Bulow P, I, Carle A.-:2013

2. Jayakumar RV. Hypothyroidism. J Indian Med Assoc. 2006

3. Heitman B, Irizarry A. Hypothyroidism: common complaints, perplexing diagnosis.

4. Caturegli P, Kimura H, Rocchi R, Rose NR. Autoimmune thyroid diseases.

5. Maji D. Hyperthyroidism. J Indian Med Assoc.

6. Sinclair C, Gilchrist JM, Hennessey JV, Kandula M. – 2005

7. Nayak B, Burman K. Thyrotoxicosis and thyroid storm. – 2006

8. Burch HB, Wartofsky L – Life-threatening thyrotoxicosis. Thyroid storm. Endocrinol Metab Clin North Am. 1993

9. Olson BR, Klein I, Benner R – Hyperthyroid myopathy and the response to treatment. Thyroid.1991

10. Strack E, Woratz G, Rotzsch W. Effects of carnitine in hyperfunction of the thyroid gland. Endokrinologie. 1959

11. Strack E, Bloesche H, Bemm H, Rotzsch W. Use of L-carnitine in hyperfunction of the thyroid gland. Dtsch Z Verdau Stoffwechselkr.

12. Willgerodt H, Rotzsch W, Strack E. Effect of carnitine of the accumulation of iodine in the thyroid gland. Dtsch Z Verdau

13. Emmrich R. New methods for the diagnosis and therapy of hyperthyroidism.

14. Maebashi M, Kawamura N, Sato M, Imamura A, Yoshinaga K.
15. Fosslien E. Review: Mitochondrial medicine—cardiomyopathy caused by defective oxidative phosphorylation.

16. Jacob C, Belleville F. L-carnitine: metabolism, functions and value in pathology.

17. Sestoft L. Metabolic aspects of the calorigenic effect of thyroid hormone in mammals.
18. Turakulov I, Saatov TS, Rakhimdzhanova MT, Ismailkhodzhaeva G.

19. Suzuki M, Tokuyama K, Yamane A. C 1983.

20. LEF.extension


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: