Início » EVIDÊNCIAS » Ashwagandha pode tratar fadiga adrenal e disfunção de tireoide

Ashwagandha pode tratar fadiga adrenal e disfunção de tireoide

ashwagandha

Em 04 de abril de 2015, por Dr. Júlio Caleiro, nutricionista.

Se você está querendo restaurar sua energia e parecer mais jovem, e com isso reverter o quadro doentio, a erva Ashwagandha pode ser o que procura. Os benefícios da Ashwagandha são impressionantes.

Ashwagandha é uma erva adaptogênica popular na medicina Ayurvédica que tem mostrados resultados incríveis para regularizar o cortisol (adrenais) e o balanceamento dos hormônios da tireoide.

Ashwagandha é muito popular na Índia, e é usada para fortalecer o sistema imunológico depois de alguma doença. É conhecida como ‘ginseng indiano‘ por causa da capacidade em aumentar a resistência.

Há mais de 200 estudos científicos sobre a capacidade de Ashwagandha para:

1. Melhorar a função da tireoide
2. Curar a fadiga adrenal
3. Reduzir a ansiedade e depressão
4. Efeitos contra os efeitos do estresse
5. Prevenir e tratar câncer
6. Estabilizar açúcar no sangue
7. Reduzir a degeneração celular do cérebro

Neste artigo, vou abordar os benefícios de Ashwagandha na cura de disfunção da tireoide e das glândulas supra-renais, melhorando o humor e energia, prevenção do câncer e auxiliar na saúde do cérebro.

Benefícios para tireoide

Ashwagandha é um das ervas principais no mundo usada para melhorar a saúde da tireoide. A Ashwagandha por ser uma erva adaptogênica, ajuda pessoas tanto com hipotireoidismo como também com hipertireoidismo. Demonstrou-se que esta erva auxilia pessoas com tireoide lenta diagnosticadas com o Hashimoto e doença de Graves.

Ervas adaptogênicas trabalham o seu corpo para restaurar o equilíbrio, estando os níveis altos ou baixos.

Estudos em animais revelam que Ashwagandha tem efeito de equilíbrio dos níveis de T3 e T4. Verificou-se aumentos significativos da concentração sérica de T4 o que indica que a erva tem efeito estimulante sobre a tireoide preguiçosa. Além disso, Ashwagandha reduziu significativamente a peroxidação lipídica, promovendo a eliminação de radicais livres que causam danos celulares. Estes resultados provam que Ashwagandha pode ser útil no tratamento do hipotireoidismo.

Glândulas Adrenais

Ashwagandha tem se mostrado eficaz no suporte da função adrenal, auxiliando na superação da fadiga adrenal e estresse crônico. As glândulas supra-renais são glândulas endócrinas responsáveis pela liberação de hormônios (cortisol e adrenalina) em resposta ao estresse do corpo.

Estudos tem demonstrado que Ashwagandha melhora os níveis de cortisol, melhora a sensibilidade à insulina e equilibra naturalmente os hormônios. Se o cortisol está muito elevado, ele age para abaixa-lo, e se o cortisol está muito baixo, ele age para aumentá-lo. Isto é, por ser uma erva adaptogênica, Ashwagandha equilibra vários sistemas do nosso corpo, incluindo principalmente o cortisol.

Um estudo relatou o caso de uma mulher de 57 anos de idade com hiperplasia adrenal não clássica. Ela foi tratada com Ashwagandha por 6 meses e depois do seu tratamento, foram verificadas melhorias importantes nos marcadores hormonais. Esta melhoria hormonal foi também acompanhado de uma redução significativa da perda de cabelo.

Benefícios para a saúde do cérebro

O estresse emocional, fisico e químico podem ter efeitos prejudiciais ao cérebro e ao sistema nervoso. Uma pesquisa recente provou que ashwagandha é mais do que um calmante, ele também protege o cérebro da degeneração do Alzheimer e melhora os sintomas da depressão e ansiedade.

Um dos principais motivos de ashwagandha ser tao eficaz na proteção cerebral é por conter poderosos antioxidantes que destroem os radicais livres que causam o envelhecimento.

Pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa do Cérebro descobriram que os ratos com Alzheimer eram incapazes de reter o que aprenderam, mas depois de 20 dias de suplementação com ashwagandha, apresentaram melhoras significativas. Os resultados do estudo encontrou uma redução de placas amilóides (causa degradação do cérebro).

Ashwagandha melhora o humor. Existe também evidência de que agora ashwagandha é eficaz no tratamento de ansiedade e depressão. De fato, em um estudo recente é resultados foram comparáveis a medicamentos como Lorazepam e Imipramina, sem os efeitos colaterais.

Num estudo controlado por 12 semanas, 87 pacientes receberam uma dose de ashwagandha, duas vezes ao dia, e outro grupo o placebo, duas vezes ao dia. O grupo tratado com ashwagandha resultaram em melhorias importantes na ansiedade, bem como no raciocínio, redução do estresse e diminuição da fadiga, em comparação com o grupo placebo.

Previne e trata o câncer

Extrato de Ashwagandha tem sido demonstrado em estudos para ter benefícios muito promissoras quando se trata de ajudar com a prevenção e tratamento do câncer. Em alguns estudos, os pesquisadores descobriram que o extrato de ashwagandha tem um efeito poderoso anti-tumor. (http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3252722/)

O extrato foi mostrado para ajudar a inibir a proliferação de células cancerosas – especificamente as células da mama, pulmão, estômago e câncer de cólon que estão entre alguns dos principais tipos de cânceres no mundo.

Acredita-se que ashwagandha ajuda a prevenir o crescimento de células de câncer, principalmente devido aos seus imunológico aumentando e antioxidantes habilidades. A suplementação com ashwagandha está correlacionada com um aumento das células brancas do sangue, o que indica que o sistema imunitário passa a ser mais capaz de proteger o organismo contra doenças e invasores nocivos (http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/10616957).

Outra maneira de ashwagandha ajudar a prevenir o câncer é devido a sua capacidade de parar os vasos sanguíneos ao redor das células cancerosas, em alimentar o crescimento de tumores cancerígenos. Tomando o extrato de ashwagandha pode ser eficaz em proteger o sistema imune durante a quimioterapia.

Muitos especialistas em câncer passaram a recomendar o extrato de ashwagandha como prevenção ao câncer, bem como um complemento aos tratamentos tradicionais do câncer. Na verdade, alguns estudos tem mostrado que alguns pacientes são capazes de reverter os sinais de cancer usando tão somente ashwagandha (http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3252722/).

Aumento da resistência e durabilidade

Estudos têm demonstrado que ahswagandha pode aumentar a resistência durante a atividade física, afiando a função cerebral e com redução da dor corporal. Ashwaganha mostrou melhorias na concentração, motivação e resistência em estudos realizados.

Um estudo em particular descobriu-se que quando os ratos de laboratório foram suplementados com ashwagandha, passaram a ser capazes de nadar duas vezes mais longo em comparação com o mesmo tipo de ratos que não receberam esta suplementação ( http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3252722/).

Os pesquisadores acreditam que hajam efeitos semelhantes em humanos, devido a capacidade do extrato em equilibrar os hormônios adrenais que estão envolvidos na atividade física. O extrato também foi mostrado em reduzir a dor física nos músculos e articulações, ao mesmo tempo que mantevem os níveis de energias estáveis, razão pela qual poderia ser um complemento promissor para atletas ou para pessoas que tem dificuldade na prática de exercícios físicos devido à dor.

*Este artigo está baseado na matéria escrita pelo Dr. Josh Axe, nutricionista e especialista em medicina funcional.

http://draxe.com/

Referências

1. Puri, Harbans Singh. Rasayana: ayurvedic herbs for longevity and rejuvenation – Volume 2 of Traditional herbal medicines for modern times. s.l.: CRC Press, 2002. ISBN 0415284899, 9780415284899.
2. Panda S, Kar A. Withania somnifera and Bauhinia purpurea in the regulation of circulating thyroid hormone concentrations in female mice.  Journal Ethnopharmacology 1999, 67(2):233-9.
3. Panda S, Kar A. Changes in thyroid hormone concentrations after administration of ashwaganda root extract to adult male mice. Journal of Pharmacology 1998, 50:1065-1068.
4. Kalani A, Bahtiyar G, Sacerdote A.  Ashwagandha root in the treatment of non-classical adrenal hyperplasia. British Medical Journal Case Reports 2012, 10(1136).
5. Gupta SK, Dua A, Vohra BP. Withania somnifera (Ashwagandha) attenuates antioxidant defense in aged spinal cord and inhibits copper induced lipid peroxidation and protein oxidative modifications. Drug Metabolism Drug Interactions. 2003;19(3):211-22
6. Jayaprakasam B, Padmanabhan K, Nair MG. Withanamides in Withania somnifera fruit protect PC-12 cells from beta-amyloid responsible for Alzheimer’s disease. Phytotherapy Research. 2010, 24(6):859-63
7. Cooley K, Szczurko O, Mills Edward, Bernhardt B, Seely D (2009). Naturopathic Care for Anxiety. http://www.plosone.org
8. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/10616957

9. http://draxe.com/ashwagandha-proven-to-heal-thyroid-and-adrenals/

10. http://adrenalfatiguesolution.com/adrenal-fatigue-supplements/


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: