Início » EVIDÊNCIAS » Esclerose lateral amiotrófica e naltrexona em baixas doses

Esclerose lateral amiotrófica e naltrexona em baixas doses

Categorias

cerebro6-250x203
Em 09 de dezembro de 2014, por Dr. Júlio Caleiro, nutricionista.

Para receber orientação expressa entre em contato no email  – juliocaleiro@hotmail.com   

ou  Para agendar consulta ligue – 35 3531-8423

Dois pacientes com esclerose lateral amiotrófica (ELA) avançada experimentaram significante melhora da respiração, comprovada pelo aumento da capacidade vital forçada. Um dos pacientes melhorou 25% dos seus sintomas em dois meses e o outro melhorou 11% dos sintomas. A dose que funcionou melhor foi de 4,5 mg ao deitar e a melhoria da capacidade respiratória continuou estável.
Apresente esta terapia ao seu médico, e solicite orientação médica para que seja aplicada em seu tratamento de saúde.
Referência:
Bihari B First Annual low dose naltrexone conference at the New York Academy of Sciences; June 11, 2005

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: