Início » EVIDÊNCIAS » 600.000 casos de câncer de mama e colorretal poderiam ser evitados a cada ano!

600.000 casos de câncer de mama e colorretal poderiam ser evitados a cada ano!

Categorias

Anúncios

Em 01 de agosto de 2014, por Dr. Júlio Caleiro, nutricionista.

21183cancer

Dos nossos 25.000 genes, cerca de 3.000 genes são regulados ou controlados pela vitamina D. [1]Logo, fica muito simples, desde já, compreender  a importância desta vitamina. Mais de 800 estudos mostrando a eficácia da vitamina D contra o câncer. Otimizando os níveis de vitamina D pode literalmente eliminar o risco de vários tipos de câncer em 50%.

 Além disso, adultos e idosos com níveis elevados de vitamina D reduzem suas chances de desenvolver uma doença cardíaca ou diabetes em 43%.

Como a vitamina D fazer o que faz?

A vitamina D é realmente um “hormônio”, que o seu corpo produz a partir do colesterol. Por se tratar de um hormônio, a vitamina D influencia todo o seu corpo. Os receptores que respondem a vitamina foram encontrados em quase todo tipo de célula humana, a partir do seu cérebro até os ossos. O que a ciência moderna agora percebeu é que a vitamina D faz mais que apenas regular a absorção de cálcio e formação óssea, ela está envolvida em várias funções de reparação e manutenção, influencia milhares de genes diferentes, regula o sistema imune e muito mais.

Apenas um exemplo de um gene importante que a vitamina D regula é a sua capacidade de combater infecções, bem como a inflamação crônica. Ela produz mais de 200 peptídeos antimicrobianos, o mais importante dos quais é a catelicidina, um antibiótico de grande eficácia que é produzido naturalmente. Esta é uma das explicações para por que é tão eficaz contra resfriados e gripe.

Além disso, uma vez que a vitamina D também modula a sua resposta imune, que pode impedir uma reação exagerada na forma de inflamação, o que poderia levar a uma variedade de doenças autoimunes, tais como a doença de Crohn, por exemplo.

Você está em deficiência de vitamina D?

A deficiência de vitamina D é uma epidemia crescente em todo o mundo e está por contribuir para muitas doenças debilitantes crônicas. Existem algumas razões para esta tendência.

Em primeiro lugar, a maioria das pessoas gastam muito tempo dentro de casa durante o dia. Além disso, as pessoas são orientadas por ‘expert’ para evitar qualquer exposição ao sol, ou entupir-se de protetor solar sempre que sair de casa. O filtro solar elimina a capacidade do organismo de produzir vitamina D já que bloqueia a radiação UVB, que faz com que sua pele o produza naturalmente. Como resultado, nos Estados Unidos, no final do inverno, a média de vitamina D foi apenas cerca de 15-18 ng/ml, que é considerado um estado de deficiência muito grave. Estudos mostraram que 85% da população dos ESTADOS UNIDOS eram deficientes de vitamina D, algo que com certeza reflete a situação brasileira.

Se os níveis de vitamina D fossem aumentados entre as populações em todo o mundo, estima-se que 600.000 casos de câncer de mama e colorretal poderiam ser evitadas a cada ano, de acordo com pesquisadores do Centro de Cancer de Moores na Universidade da Califórnia, San Diego (UCSD)[2]. Isso inclui cerca de 150 mil casos de câncer que poderiam ser evitados apenas nos Estados Unidos.Os pesquisadores estimam que 250 mil casos de câncer colorretal e 350 mil casos de câncer de mama poderiam ser evitados em todo o mundo, aumentando a ingestão de vitamina D3, especialmente nos países ao norte do equador.

Segundo o médico Dr. Joseph Mercola: “otimizando seus níveis de vitamina D ajudará a prevenir 16 tipos de câncer, incluindo, pâncreas, pulmão, mama, ovário, próstata e câncer de cólon. Além disso, os ótimos níveis de vitamina D são conhecidos por influenciar positivamente as seguintes condições: doença cardíaca, diabetes, doença inflamatória intestinal, artrite reumatoide, esclerose múltipla, osteoporose.”

Já checou seus níveis de vitamina D? Tem tido esse cuidado essencial para a saúde? Espero que sim!

Referências científicas:

[1][1] Arash Hossein-nezhad, Avrum Spira, Michael F. Holick.Influence of Vitamin D Status and Vitamin D3 Supplementation on Genome Wide Expression of White Blood Cells: A Randomized Double-Blind Clinical TrialPLoS ONE, 2013; 8 (3): e58725 (DOI:10.1371/journal.pone.0058725)

[2] Nutrition Reviews, Volume 65, Supplement 1, August 2007 , pp. 91-95(5)

3. Am J Clin Nutr. 2007 Jun;85(6):1586-91

4. http://articles.mercola.com/sites/articles/archive/2007/09/15/lack-of-sunshine-causes-600-000-cancers-a-year.aspx

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: