Início » EVIDÊNCIAS » Agrotóxicos tem sido a causa de graves doenças, como eliminá-los dos alimentos?

Agrotóxicos tem sido a causa de graves doenças, como eliminá-los dos alimentos?

agrotoxicos2

Em 06 de março de 2014. Dr. Júlio Caleiro, nutricionista. Fone do consultório: (35)  3531-8423.

Você está ingerindo ‘Roundup, todos os dias? (O Brasil recebeu sua primeira amostra para testes em 1972 e, em 1978, o produto, ainda importado, chegava ao País para ser comercializado. Ele passou a ser produzido no Brasil em 1984).

O glifosato é o ingrediente ativo no herbicida ‘Roundup’ da Monsanto, que é pulverizada em grandes quantidade nas lavouras, os chamados “Roundup Ready, “.

De acordo com a revista alemã Ithaka, 1 a cada amostra de urina simples coletadas de moradores da cidade nos arredores de Berlim, deram ‘positivo’ para o glifosato, com valores variando de 0,5 a 2 nanogramas por mililitro ( ng / ml) – que é entre 5 e 20 vezes o limite superior permitido para glifosato em água potável alemã, que é de 0,1 ng / ml. De acordo com o artigo em destaque.

” O glifosato provavelmente entrou em quase todas as nações ao longo dos últimos 10 anos, através de sua crescente presença em uma variedade de alimentos consumidos diariamente”.

 De acordo com o artigo publicado no Los Angeles Times, dois pesquisadores ligaram a exposição ao DDT para o desenvolvimento da doença de Alzheimer ao longo da vida. O estudo publicado na revista JAMA de Neurologia, descobriu que os pacientes diagnosticados com a doença de Alzheimer tinham níveis significativamente mais elevados de DDT e seu metabólito DDE no sangue, o que é quatro vezes mais em comparação das pessoas da mesma idade que não tinham a doença. O autor principal, Jason Richardson disse ao LA Times que além disso estudos apontam que o DDT leva as pessoas ao diabetes. O DDT foi proibido porém estamos sendo expostos a outro veneno sintetizado pela MONSANTO mais tóxico e letal, por nome GLIFOSATO – ROUNDUP.

Diagnosticando o Alzheimer mais cedo, e com melhor eficácia do que muitos exames invasivos. – peça ao seu Médico esta avaliação se porventura alguém na família tenha sido acometido pela doença.

Para eliminação de agrotóxicos, assista o video abaixo do médico nutrólogo e cardiologista, Dr. Lair Ribeiro:

Referências:

1 Alzheimer’s Association 2011 Alzheimer’s Disease Facts and Figures
2 Los Angeles Times January 28, 2014
3 JAMA Neurology January 27, 2014 [Epub ahead of print]
4 Lancet 371 (9609): 287–8
5 Environ. Health Perspect. 117 (7): 1076–1082

6. http://www.ithaka-journal.net/herbizide-im-urin?lang=en


3 Comentários

  1. Caro Dr. Júlio Celeiro. Sou uma colega do RJ e aprecio muitíssimo seus post’s, porém antes de veicular na minha página do facebook Nutrição, Saúde e Bem estar, gostaria de saber se há comprovação científica sobre o uso do iodo para eliminação dos resíduos de agrotóxicos dos vegetais? Em outra ocasião o Prof. Gabriel de Carvalho do INAVANÇADA, arguido sobre o assunto, informou que iria pesquisar, mas eu não soube mais informações. Muito grata e obrigada.

    • Dra. Rosângela, antes, muito obrigado por acompanhar esta página e por apreciar o conteúdo! Creio que não há estudo científico comprovando o uso de iodo para eliminação de resíduos de agrotóxicos. A matéria se baseia tão somente na informação trazida pelo médico e pesquisador Dr. Lair Ribeiro, o qual tenho como fonte fidedigna. Caso eu venha a ter conhecimento de algum teste realizado, postarei aqui na página.

      Abraços!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: