Início » EVIDÊNCIAS » OMEPRAZOL e outros podem causar deficiência de vitamina B12, e várias doenças, inclusive, psiquiátricas

OMEPRAZOL e outros podem causar deficiência de vitamina B12, e várias doenças, inclusive, psiquiátricas

Imagem

Publicado em 06 de Fevereiro de 2014.  Tel – CONSULTÓRIO – 35 3531-8423- São Sebastião do Paraíso -MG – BRASIL.

————————————————————————————————–

By; Ed. Dr. Júlio Caleiro – NUTRICIONISTA –

Uso prolongado de inibidores da bomba de prótons (omeprazol) e outros antiácidos pode causar deficiência de vitamina B12, problemas de saúde.

Refluxo ácido é um problema de saúde muito comum, afetando cerca de 50 por cento da população. Outros termos utilizados para esta condição são a doença do refluxo gastroesofágico ( DRGE) ou úlcera péptica.
Os sintomas de refluxo ácido, ou DRGE  incluem azia, chiado, aperto na garganta, ou uma sensação de que a comida está presa em sua garganta, empachamento e outros.  Normalmente, o refluxo ácido pode ser causado pela produção de ácido estomacal excessivo. No entanto essa “sabedoria convencional” foi mostrado ser incorreta e as drogas amplamente usada para tratar o refluxo ácido pode ser caro e cobrado mais tarde pelo organismo.  Suco de aloe vera pode ser útil para o refluxo de preferência feito em casa aloe crescido com folhas que são 18 centímetros de comprimento antes da colheita. Espécies que produzem folhas grossas são as melhores. Aloe tem muitas vantagens, incluindo grandes quantidades de um polissacarídeo estimulante imunitário , especialmente de manose, que tem sido demonstrado que induzem as células brancas do sangue para segregar INTERFERON, factor de necrose tumoral e citocinas benéficas.
Os benefícios são gel no interior da planta e não a parte exterior. O gel interno pode ser combinado com uma lima ou limão. Aloe também pode ser benéfica para queimaduras.
      
Antiácidos amplamente utilizado pode causar deficiência de vitamina B12

De acordo com um estudo recente o uso a longo prazo dos inibidores da bomba de protóns, tais como: esomeprazol, lansoprazol, pantoprazol, omeprazol e rabeprazol e outros novos no mercado, essas drogas que suprimem a quantidade de ácido gástrico no estômago  – se associada com a deficiência de vitamina B12.
Usuários de inibidores da bomba de prótons por mais de dois anos, destes 65 por cento tem maior risco de deficiência de vitamina B12 o que pode conduzir a um número de doenças problemáticas, incluindo :

Anemia
A lesão do nervo
Problemas psiquiátricos
Demência

Doses mais elevadas foram associadas com um risco maior. Conforme explica o pesquisador sênior Dr. Douglas Corley ,  gastroenterologista diz:
“Estes tipos de anti-ácidos podem causar uma deficiência em vitamina B12, porque a mesma célula que faz o ácido do estômago, também faz com que uma pequena proteína que ajuda a vitamina B12 ser absorvida. ”

Veganos também tem maior risco de deficiência de vitamina B12

Para todos os benefícios de uma dieta baseada em vegetais há algumas considerações a ter em mente, a deficiência de vitamina B12 é um dos principais. Os poucos alimentos de origem vegetal que contêm vitamina B12 (como vegetais do mar, alimentos fermentados como tempeh e algas como spirulina) são análogos de B12 – substâncias que bloqueiam a absorção da verdadeira B12. Daí, a necessidade do nutriente pode realmente aumentar quando se ingere somente esses alimentos.

É por isso que a deficiência de B12 é particularmente preocupante para os veganos, que se abstêm de produtos de origem animal. É importante perceber que a vitamina B12 é encontrada quase que exclusivamente em tecidos animais, que veganos e vegetarianos estritos não costumam comer. Isto inclui :

Carne de cordeiro, fígado de boi
Salmão, Camarão
Aves e ovos

Mesmo que a vitamina B12 seja solúvel em água ela não sai do organismo rapidamente pela urina como outras vitaminas solúveis em água. Em vez disso a B12 é armazenada no fígado, rins e outros tecidos do corpo. Como resultado, uma deficiência pode não se manifestar até até sete anos mais tarde. Então, por favor não espere os sintomas aparecer. Forneca uma boa quantidade suficiente de B12.

Como discutido pelo Dr. Michael Greger no vídeo abaixo, se você estiver em uma dieta à base de plantas e não recebem o suficiente vitamina B12, o nível sérico de homocisteína um composto conhecido por danificar as artérias, pode elevar-se e ter efeitos contrários aos benefícios colhidos a partir de uma dieta rica somente em vegetais.

Sugestões para impulsionar sua ingestão de vitamina B12

Outro argumento freqüentemente usado por veganos é que o seu corpo produz vitamina B12 a partir de bactérias intestinais, tornando fontes alimentares desnecessárias. Embora seja verdade que o seu corpo produz B12, esta forma de  B12 não é realmente disponível para absorção pelo o organismo como um todo. Então se você é vegano, eu recomendo fortemente modificar sua dieta para certificar-se de que você esteja recebendo quantidades suficientes de vitamina B12. Se você está aberto a esta orientação eu gostaria de sugerir a adição de alguns alimentos de origem animal em sua dieta, rica em B12 que está disponível em sua forma natural, apenas em fontes de alimentos de origem animal. Isto não tem necessariamente de carne – ovos e laticínios são opções também. Principais alimentos a serem inclusos são:

Salmão do Alasca
O leite cru
Orgânicos ovos  e Suplementação.

Se você consumir produtos de origem animal, em seguida considere a adição desses alimentos que são ainda mais elevados de vitamina B12;

Fígado Bovino, gados alimentados de grama, capim.
E carne de Frango Orgânico ( galinha capira).

Se você não está disposto a ceder em comer produtos de origem animal você seria bem aconselhado a tomar um suplemento de vitamina B12. Na verdade, mesmo se o indivíduo comer alimentos de origem animal  um suplemento pode ser benéfico se a capacidade do organismo de absorver a vitamina dos alimentos esteja comprometida o que é especialmente prevalente conforme a idade avança.

Quando ficamos velhos o revestimento do estômago perde gradualmente sua capacidade de produzir ácido clorídrico ( o ácido do estômago) que fica suprimido por inibidores da bomba de prótons também), o que liberaria a vitamina B12 a partir do alimento. Se você estiver com mais de 50 anos é seguro afirmar que não esteja absorvendo a vitamina B12 em um nível ideal.  No entanto se você tem mais de 50 anos, isso não significa que você é deficiente isso só significa que aumentaria o risco. Se o indivíduo está se alimentando de forma saudável ele pode facilmente manter os níveis saudáveis.

A única maneira de saber é através do sangue. Intervalos normais de B12 são 200-1100 pg /ml. Mesmo que o nível inferior do normal seja 200 e se você esteja abaixo de 600, você pode estar sofrendo de deficiência de vitamina B12.
Há um problema com a suplementação no entanto e é relacionado com a má absorção de suplementos orais de vitamina B12. A vitamina B12 é a maior molécula conhecida entre as vitaminas. Devido ao seu tamanho enorme, e por não ser tão facilmente absorvida passivamente como a maioria dos suplementos. Devido a isso muitos, se não a maioria dos suplementos orais de vitamina B12 são grosseiramente ineficazes!
Dito isso os suplementos de vitamina B12 são extremamente seguros, com efeitos colaterais praticamente não conhecidos. Basta evitar os suplementos orais de vitamina B12 pois não vão ser facilmente absorvidos. Injeções ou sublingual ( debaixo da língua ) e spray, tem resultados muito melhores uma vez que permitem a grande molécula de B12  ser absorvida diretamente em sua corrente sanguínea.

Como a deficiência de vitamina B12 pode destruir sua saúde?

Como seus níveis de vitamina B12 começam a vacilar alguns dos sinais iniciais muitas vezes, incluem alterações de humor, falta de motivação ou sentimentos de apatia. Níveis baixos também pode conduzir a confusão mental, perturbações da memória, fraqueza muscular, e – um dos sinais característicos – fadiga. A vitamina B12 é apropriadamente conhecida como a vitamina energia, e que o seu corpo necessita de um número de funções vitais incluindo a produção de energia , bem como:
Boa digestão, a absorção dos alimentos o uso correto de ferro, metabolismo de carboidratos e gorduras, função do sistema nervoso saudável, promoção de crescimento do nervo e desenvolvimento normal.
Ajuda a regulação da formação de células sanguíneas, formação de glóbulos vermelhos e longevidade, circulação ;adequada, Produção de hormônio adrenal, função do sistema imunológico saudável; Suporte da saúde reprodutiva feminina e gravidez; Sentimentos de bem-estar e regulação do humor, clareza mental e concentração, função boa da memória e de energia física,  estado excelente emocional e mental. Procure seu Nutricionista para realizar exames, adequação de suplementos, e princiapalmente sua dieta.

Uma pesquisa recente sugere também que o baixo nível de vitamina B12 pode aumentar o risco de fraturas ósseas em homens mais velhos. Este risco se manteve mesmo depois de levar em conta outros fatores importantes, tais como o tabagismo, o status da vitamina D e cálcio. De acordo com medicinenet.com:  “Os homens no grupo com os mais baixos níveis de B-12 foram cerca de 70% terem mais probabilidade em sofrer uma fratura do que outros no estudo. Este risco aumentado foi principalmente devido a fraturas na coluna lombar, onde havia uma chance de até 120% maior de fraturas.

Ao longo do tempo e a longo prazo a deficiência de B12 crônica, também pode levar a outras doenças graves, incluindo:

Depressão
Demência e Alzheimer
Problemas de fertilidade feminina e fértil
Doenças cardíacas e câncer

 A deficiência de B12 pode imitar problemas PSIQUIÁTRICOS!

Como discutido pelo Dr. Kelly Brogan MD ( MÉDICO) no vídeo abaixo a deficiência de vitamina B12 também pode causar uma série de distúrbios neurológicos que simulam doenças mentais graves. Em um recente artigo ela escreveu:
“Um dos trabalhos mais marcantes que eu li na literatura psiquiátrica era sobre uma mulher de 57 anos que foi tratada por meses em um antipsicótico e antidepressivo,e duas vezes de eletrochoque, antes que alguém se preocupasse em verificar o seu nível de B12.
Apresentava sintomas anos, por choro descontrolado, ansiedade, alterações do movimento, constipação, letargia, finalmente distúrbios de percepção ( ouvia ser chamada pelo seu nome) e o sintoma máximo em patologia psiquiátrica grave a catatonia. Apesar de seu tratamento hospitalar  ela permaneceu como suicida, deprimida e letárgica. Dentro de dois meses identificou-se sua deficiência em B12, e foi tratada com doses diária,  ela voltou a sua homeostase após 14 anos de sofrimento e permaneceu assim, e já faz 4 anos até a publicação do relatório (com nenhum outro tratamento).

Se isto não for um alerta para os prescritores psiquiátricos então eu não sei o que seria! Muito do que nós atribuímos a serotonina e dopamina na verdade são ‘deficiências!

Tem refluxo ácido? Cuidado com os tratamentos convêncionais!

Para voltar ao ponto de partida é importante entender que o refluxo ácido não é devido a ter muito ácido no estômago, mas simuma condição relacionada mais comumente a hérnia de hiato – uma condição na qual o ácido sai do seu estômago, que é onde ele deveria ficar. Após o alimento passar através de seu esôfago até o estômago, uma válvula muscular chamado esfíncter esofágico inferior (LES ) fecha, impedindo que alimentos ou ácido de mover para cima.

O refluxo gastroesofágico ocorre quando o LES relaxa de forma inadequada, permitindo que o ácido do estômago volte para o fluxo ( refluxo ) para trás em seu esôfago. No início dos anos 80 o Dr. Barry Marshall, um médico australiano  descobriu que um organismo chamado helicobacter pylori ( inicialmente chamado de campylobacter ) provoca uma inflamação crônica de baixo nível no revestimento do estômago que é em grande parte responsável pela produção de muitos dos sintomas de refluxo ácido.
Uma das explicações para suprimir o ácido do estômago é tão ineficaz e há mais de 16.000 artigos na literatura médica atestando – é que, quando você diminui a quantidade de ácido no estômago você suprime a capacidade do seu corpo em matar as bactérias Helicobacter.  Então suprimir a produção de ácido do estômago tende a piorar e apenas perpetuar a condição. E como você pode ver ele também pode deteriorar sua saúde através da promoção de deficiência de vitamina B12. Em última análise a resposta para a azia e indigestão ácida é restaurar o seu equilíbrio natural e gástrico funcional. Não só é útil para a função intestinal ideal, mas é fundamental para a sua saúde a longo prazo como sua flora intestinal,  podendo aumentar a sua absorção de nutrientes em 50% e criar ambientes úteis para as vitaminas do complexo B e vitamina K2. É muito claro a partir da revisão da literatura que você não pode ser saudável até que sua flora intestinal seja otimizada.

Às vezes, um ajuste mecânico do seu esfíncter inferior do esôfago também pode corrigir uma hérnia hiatal. Um número de quiropráticos pode realizar esse ajuste e proporcionar alívio permanente dessa condição em um grande número de casos.

Se você sofre de azia recorrente ou refluxo ácido  uma das primeiras coisas que você deve fazer é certificar se você esteja consumindo bactérias benéficas suficientes (probióticos). Isso ajudará a equilibrar a sua microflora intestinal o que pode ajudar a eliminar bactérias Helicobacter naturalmente. Também ajudará na digestão e assimilação de seu alimento. Uma boa fonte de bactérias benéficas são os vegetais fermentados, palatável para a maioria das pessoas.

Em seguida, se você for um usuário de longo prazo de um inibidor da bomba de prótons ( Omeprazol por exemplo), deverá estar ciente de que seu status de vitamina B12, você poderá ter uma deficiência mais drástica, comprometida e precisa ser tratada. O ideal é que você inclua alimentos de origem animal ricos em vitamina B12, mas se você acha que precisa de um suplemento, a sua melhor aposta seria B12 injetável, que é considerada o padrão-ouro ou um spray sublingual. Os Sublinguais tendem a ser tão eficazes como as versões injetáveis. Eles também são mais convenientes.

Referências:


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: