Início » EVIDÊNCIAS » Ceramidas trata de pele seca, dermatite, eczemas e ainda protege a pele do envelhecimento precoce

Ceramidas trata de pele seca, dermatite, eczemas e ainda protege a pele do envelhecimento precoce

Uma pele saudável é uma pele protegida. Não deixe de usar protetor solar!

Em 17 de dezembro de 2013, Julio Caleiro, nutricionista. Fone (35) 3531-8423.

No ano 2000, os suplementos orais de ceramida receberam aprovação governamental no Japão para uso geral, embora as mulheres japonesas já estavam ingerindo ceramidas concentradas no alimento típico konjac há vários anos. – www.fda.gov/ohrms/dockets/dockets/95s0316/95s-0316-rpt0275-04-Udell-vol211.pdf.

As ceramidas também são encontradas na pele humana naturalmente, e seus níveis diminuem drasticamente com o avanço da idade. Ceramidas vegetais ingeridas oralmente tem mostrado eficácia na reposição daquelas perdidas pelo envelhecimento e também em razão de danos da pele.Uma pesquisa sugere que este método de reposição por via oral melhora a funcionalidade das ceramidas e gera resultados não observados através de aplicação direta na pele, tópica. (Boisnic, Beranger JY, Branchet MC. Anti-elastase and anti-radicalar effect of ceramides. Product Research Report. Hitex)

Com o envelhecimento da pele aumenta-se a necessidade de se repor ceramidas. Mais do que apenas um problema cosmético, o envelhecimento da pele expõe a riscos significativos para a saúde a partir de microorganismos infecciosos, radiação UV, aumento a susceptibilidade à dermatites por contato de substancias químicas ambientais. É preciso que a pele esteja em seu melhor funcionamento, a fim de regular adequadamente a temperatura do corpo, sintetizar quantidades ideais de vitamina D e fornecer estímulos sensoriais do meio ambiente.

Estudos confirmam um declínio do teor de ceramida no envelhecimento da pele humana, possivelmente devido a um declínio na atividade da enzima que ajuda a fornecer ceramidas na forma utilizável para a pele (J Dermatol Sci. 1990 Mar;1(2):79-83.)

Em um estudo pesquisadores testaram a e eficácia de uma dose de ceramidas e os resultados foram notáveis, a fórmula restaurou quase completamente quem sofria de pele seca e coceira em 95%. – J Med Esth et Chir Derm. 2007 Dec; 34(136):239-42. Esses lipídeos vegetais não só hidratam, mas combatem doenças como eczema e dermatite, e dão suprote a integridade estrutural da pele para evitar rugas e linhas finas.

A superfície da pele representa a principal barreira ao ambiente externo, e como tal, é a primeira linha de defesa contra infecção microbiana. Os lipídios na superfície da pele, incluindo as ceramidas, compreendem uma parte principal de uma barreira antimicrobiana. Quando esta barreira se torna comprometida, em razão, por exemplo, da idade, inúmeros problemas de saúde podem surgir.

No caso da dermatite atópica, as concentrações de ceramida na pele são diminuídas Am Acad Dermatol. 2001 Jul;45(1 Suppl):S29-32.) e geralmente possuem concetranções mais elevadas de bactérias, especialmente Staphylococcus aureus sobre a superfície da pele (Br J  ermatol. 1998 Dec;139 Suppl 53:13-6.). Um estudo confirmou que o aumento da colonização pela bactéria Staphylococcus aureus está correlacionada com a redução de ceramidas da superfície da pele, e essa bactéria tem potencial significativo de causar infecções (J Invest Dermatol. 2002 Aug;119(2):433-9.; Br J Dermatol. 1998 Dec;139 Suppl 53:1-3.; Clin Microbiol Infect. 2001 Jun;7(6):301-7.; Burns. 2002 Dec;28(8):738-44.).

S. Pyogenes é outra bactéria que é causa comum de infecções de pele, incluindo, erisipela e celulite, que são caracterizadas pela proliferação das bactérias nas camadas profundas da pele (J Hosp Infect. 1997 Mar;35(3):207-14.).

A dermatite atópica, como outras condições inflamatórias da pele, é uma condição relacionada ao sistema imunológico. Por isso, os corticosteróides tópicos e outros agentes imunossupressores são os pilares da terapia convencional, mas os riscos de toxidade a partir destes agentes é alto, especialmente em crianças. Um estudo destinado a investigar a patogênese da dermatite de contato alérgica e outras doenças inflamatórias da pele descobriram que reparar a ruptura na barreira por ceramidas, aliado a medicações tópicas, alivia a dermatite atópica em criançasJ Am Acad Dermatol. 2002 Aug;47(2):198-208.

Num outro estudo, onde 560 pacientes com dermatite alérgica e dermatite irritante foram tratados com ceramidas com combinação de corticosteróides tópicos por 8 semanas, e outro grupo só com corticosteróides. Constatou-se que os indivíduos que usaram ceramidas em combinação com corticosteróides experimentaram maior alívio, em comparação com aqueles que usaram apenas corticosteróides. Contact Dermatitis. 2001 Nov;45(5):280-5.

Terapia com ceramida também provou ser eficaz no combate a coceira e inflamação causada por eczema. Além disso, o tratamento de ceramida foi mostrado para normalizar a pele e reduzir os sintomas em pacientes que sofrem desta condição. Cutis. 2007 Dec;80(6 Suppl):2-16.

*Todas as referências científicas estão citadas no corpo do artigo.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: