Início » EVIDÊNCIAS » A Canela potencializa a atividade da insulina em mais de três vezes, segundo estudo científico de Beltsville.

A Canela potencializa a atividade da insulina em mais de três vezes, segundo estudo científico de Beltsville.

CANELA

Em 05 de novembro de 2013, por Dr. Júlio Caleiro, nutricionista. Fone do consultório (35) 3531-8423. 

O consumo regular de canela pode promover o metabolismo saudável da glicose. A canela tem sido usada por milhares de anos em sistemas médicos Ayurveda e Greco-européia tradicionais. Um estudo realizado no Departamento de Beltsville Human Nutrition Research Center de Agricultura, verificaram que a cancela minora ou impede a intolerância à glicose e diabetes (J Agric Food Chem. 2004 Jan 14;52(1):65-70.) Além disso, os cientistas da Iowa State University determinaram que a canela regulam a expressão de genes envolvidos na ativação de receptores de insulina na membrana celular, aumentando assim a absorção de glicose e diminuição dos níveis de glicose no sangue (Horm Res. 1998 Sep;50(3):177-82.).

Os estudos em animais, confirmaram o controle de glicose até mesmo em animais que consumiram uma dieta com alto teor de frutose (um açúcar simples), o que sugere que a utilização precoce de canela pode prevenir o desenvolvimento de resistência à insulina em pessoas que consomem açúcar (frutose) abundantemente (Diabetes Res Clin Pract. 2003 Dec;62(3):139-48; Horm Metab Res. 2004 Feb;36(2):119-25).

Devido à incidência de aumento em até quatro vezes de doença cardiovascular em diabéticos tipo II, os investigadores tem procurado nutrientes que podem simultaneamente, aumentar o metabolismo de glicose e os níveis de lipídeos. Num estudo,publicado no Diabetes Care, a canela provou ser um agente com esta dupla ação. Sessenta adultos (30 homens e 30 mulheres) com diabetes tipo II foram divididos em seis grupos. Três grupos consumiram um, três e seis gramas de canela, e outros três grupos doses equivalentes de placebo. Após o período de inicial de 40 dias, todos os três níveis de canela reduziu níveis séricos (jejum) de glicose entre 18 à 29%. A dose de um grama reduziu os níveis de triglicérides em 18%, colesterol LDL em 7%, e o colesterol total em 12%. As doses mais altas de canela as reduções foram ainda maiores de triglicerídeos, LDL e colesterol total (Diabetes Care. 2003 Dec;26(12):3215-8.).

Canela demonstra ser um dos mais poderosos nutrientes disponíveis para melhorar o metabolismo da glicose. Pesquisadores da USDA no centro de Beltsville estudaram 49 ervas, especiarias e extratos de plantas medicinais quanto ao efeito na glicose nas células de glicose em ratos. Eles descobriram que a canela era o produto mais bioativo, seguido de hamamélis, chás verde e preto, e pimenta da Jamaica (J Agric Food Chem. 2000 Mar;48(3):849-52). Um outro estudo descobriu que a canela potencializa a atividade da insulina em mais de três vezes –  Biol Trace Elem Res. 1990 Mar;24(3):183-8).

Sobre mais benefícios da canela, sugiro que assistam a entrevista com a Dra. Eliana Tagaliari, nutricionista:

http://www.youtube.com/watch?v=kN3prMwmcO4

Todas as referências científicas estão citadas no corpo do texto.

Lifeextension.com


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: