Início » EVIDÊNCIAS » Técnicas avançadas para o tratamento de varizes por nutracêuticos, segundo o médico Dr. Ariel Soffer

Técnicas avançadas para o tratamento de varizes por nutracêuticos, segundo o médico Dr. Ariel Soffer

Categorias

clv_ilustracc2a6c2baac2a6c3a2o-varizes

Em 04 de novembro de 2013, por Dr. Júlio Caleiro, nutricionista. Fone do consultório: (35) 3531-8423.

Dr. Ariel Soffer, é médico norte-americano, especialista em Cardiologia, é membro do American College of Cardiology, e dedica toda sua carreira relacionados a problemas de circulação, e com anos de experiência no tratamento de uma ampla gama de doenças venosas. Foi nomeado Chefe de Medicina de Hollywood Medical Center e tornou-se o médico oficial e cardiologista do Florida Panthers da NHL 2004-2008. Dr. Soffer foi chefe de Cardiologista da Jackson North Medicam Center (Jackson Health). É um dos primeiros cardiologistas para se tornar proficiente no novo tratamento a laser de varizes, um problema vascular muitas vezes não diagnosticado que assola homens e mulheres de todas as idades.

Abaixo, colho importantes trechos do artigo publicado pelo médico Dr. Ariel Soffer, sobre técnicas avançadas para o tratamento de varizes.

Diz o médico Dr. Ariel Soffer:

“Varizes, de fato, representam um problema no componente vascular do sistema cardiovascular.

O que são varizes? Veias são os vasos sanguíneos encarregados de levar o sangue do corpo para os pulmões e coração. O grande movimento dos músculos das pernas é responsável para bombear o sangue através das veias. Em condições normais, as válvulas nestas veias lutam contra a gravidade e empurram o sangue em direção ao coração. Quando há o mal funcionamento de válvulas, há um recolhimento de sangue nas veias, criando um aumento da pressão e faz a protuberância nas veias. As veias, em seguida, tornam-se enfraquecidas, e ficam torcidas. Para alguns pacientes, as varizes podem levar a graves problemas circulatórios.

As causas das varizes

As varizes tendem a se desenvolver a partir de válvulas defeituosas nas veias, e por paredes enfraquecidas nas veias, que podem causar o inchamento. Algumas pessoas são mais propensas a desenvolver varizes e vasinhos (veias vermelhas ou azuis mais delicadas que podem aparecer na superfície da pele), por causa de características herdadas, o processo de envelhecimento ou alterações hormonais.

Fatores hormonais também podem afetar a doença, e é comum mulheres grávidas desenvolverem varizes no primeiro trimestre. Gravidez provoca um aumento do nível de progesterona e volume de sangue, o que causa o aumento da veia. Além disso, o útero alargado coloca aumento de pressão sobre as veias. Na maioria dos casos de gravidez, as varizes melhoram dentro de três meses após o parto.

As veias varicosas também podem resultar de condições de aumento de pressão sobre as veias das pernas. Estas incluem o envelhecimento, ocupações que envolvem a ficar em pé, obesidade, e ferimentos na pele. Há uma variedade de maneiras de tratar veias varicosas, incluindo abordagens da medicina e nutracêuticos.

Tratamento nutracêuticos para varizes

Uma das abordagens de nutraceuticos mais utilizadas para varizes é o EXTRATO DE SEMENTE DE CASTANHA DE CAVALO (Aesculus Hippocastanum, também chamado de CASTANHA DA ÍNDIA). Este extrato é amplamente utilizado na Europa para insuficiência venosa crônica, uma síndrome que pode incluir varizes, inchaço nas pernas, dor nas pernas, prurido e úlceras de pele.

Insuficiência venosa crônica ocorre quando as veias das pernas são incapazes de bombear sangue de maneira suficiente para o coração, por causa de condições como a elevação da pressão arterial nas pernas, trombose venosa profunda ou flebite.

O extrato de semente de castanha demonstra eficácia impressionante no alivio dos sintomas de insuficiência venosa crônica, reduzindo efetivamente o volume da perna, aliviando a dor nas pernas, melhorando o edema e comichão. O ingrediente ativo das sementes de castanha de cavalo é a substancia química chamada ESCINA, que em estudos clínicos tem sido relatado por aumentar a circulação sanguínea.

Estudos mais recentes indicam que ESCINA (extraído das sementes da castanha de cavalo) também podem possuir propriedades anti-inflamatórias útil na redução do edema, inchaço e hemorróidas. Como aplicação tópica, ESCINA é também popular na Europa para o tratamento de entorses.

Assim ao adquirir extrato de castanha das sementes de castanha de cavalo (ou castanha da índia) é importante verificar a concentração de ESCINA por cada dose.

 Outro agente que apresenta promessa contra varizes é a RUTINA. A flavonóide de origem vegetal, rutina, foi demonstrada para ajudar a aliviar os sintomas de varizes no final da gravidez (as mulheres grávidas devem sempre consultar um médico  antes de consumir suplementos alimentares).

Oferecendo ainda mais o potencial contra varizes são as proantocianidinas. Estes complexos flavonóides são poderosos antioxidantes que se encontram em sementes de uva, e na sua pele, extrato de casca de pinheiro e de outras fontes. Estudos clínicos mostram que as proantocianidinas são eficazes contra a insuficiência venosa crônica e úlceras venosas, sugerindo que podem ser potencialmente úteis contra varizes.

Os resultados preliminares sugerem que a vitamina K2 [MK-7] pode ser promissora na luta contra as varizes, ativando a proteína K2 – dependente crucial para manter saudáveis os vasos sanguíneos.”

Antes de consumir um suplemento alimentar, especialmente em tratamento de saúde, procure orientação de um médico ou de nutricionista aptos a esta terapia da nutrição funcional.

Referências:

1. Bielanski TE, Piotrowski ZH. Horse-chestnut seed extract for chronic venous insufficiency. J Fam Pract. 1999 Mar;48(3):171-2.

2. Diehm C, Trampisch HJ, Lange S, Schmidt C. Comparison of leg compression stocking and oral horse-chestnut seed extract therapy in patients with chronic venous insufficiency. Lancet. 1996 Feb 3;347(8997):292-4.

3. Diehm C, Vollbrecht D, Amendt K, Comberg HU. Medical edema protection—clinical benefit in patients with chronic deep vein incompetence. A placebo controlled double blind study. Vasa. 1992;21(2):188-92.

4. Ernst E. Herbal medications for common ailments in the elderly. Drugs Aging. 1999 Dec;15(6):423-8.

5. Ernst E, Pittler MH, Stevinson C. Complementary/alternative medicine in dermatology: evidence-assessed efficacy of two diseases and two treatments. Am J Clin Dermatol. 2002;3(5):341-8.

6. Ottillinger B, Greeske K. Rational therapy of chronic venous insufficiency–chances and limits of the therapeutic use of horse-chestnut seeds extract. BMC Cardiovasc Disord. 2001;1:5.

7. Pittler MH, Ernst E. Horse chestnut seed extract for chronic venous insufficiency. Cochrane Database Syst Rev. 2006 Jan 25;(1):CD003230.

8. Pittler MH, Ernst E. Horse chestnut seed extract for chronic venous

insufficiency. Cochrane Database Syst Rev. 2002;(1):CD003230.

9. Rehn D, Unkauf M, Klein P, Jost V, Lucker PW. Comparative clinical efficacy and tolerability of oxerutins and horse chestnut extract in patients with chronic venous insufficiency. Arzneimittelforschung. 1996 May;46(5):483-7.

10. Siebert U, Brach M, Sroczynski G, Berla K. Efficacy, routine effectiveness, and safety of horsechestnut seed extract in the treatment of chronic venous insufficiency. A meta-analysis of randomized controlled trials and large observational studies. Int Angiol. 2002 Dec;21(4):305-15.

11. Bassler D, Okpanyi S, Schrodter A, Loew D, Schurer M, Schulz HU. Bioavailability of beta-escin from horse chestnut seed extract: comparative clinical studies of two Galenic formulations. Adv Ther. 2003 Sep-Oct;20(5):295-304.

12. Annoni F, Mauri A, Marincola F, Resele LF. Venotonic activity of escin on the human saphenous vein. Arzneimittelforschung. 1979;29(4):672-5.

13. Sirtori CR. Escin: pharmacology, pharmacokinetics and therapeutic profile. Pharmacol Res. 2001 Sep;44(3):183-93.

14. Guillaume M, Padioleau F. Veinotonic effect, vascular protection, antiinflammatory and free radical scavenging properties of horse chestnut extract. Arzneimittelforschung. 1994 Jan;44(1):25-35.

15. Bamigboye AA, Smyth R. Interventions for varicose veins and leg oedema in pregnancy. Cochrane Database Syst Rev. Cochrane Database Syst Rev. 2007 Jan 24;(1):CD001066.

16. Bamigboye AA, Hofmeyr GJ. Interventions for leg edema and varicosities in pregnancy. What evidence? Eur J Obstet Gynecol Reprod Biol. 2006 Nov;129(1):3-8.

17. Cesarone MR, Belcaro G, Rohdewald P, et al. Comparison of Pycnogenol and Daflon in treating chronic venous insufficiency: a prospective, controlled study. Clin Appl Thromb Hemost. 2006 Apr;12(2):205-12.

18. Belcaro G, Cesarone MR, Errichi BM, et al. Venous ulcers: microcirculatory improvement and faster healing with local use of Pycnogenol. Angiology. 2005 Nov-Dec;56(6):699-705.

19. Schurgers LJ, Dissel PE, Spronk HM, et al. Role of vitamin K and vitamin K-dependent proteins in vascular calcification. Z Kardiol. 2001;90 Suppl 3:57-63.

20. Cario-Toumaniantz C, Boularan C, Schurgers LJ, et al. Identification of differentially expressed genes in human varicose veins: involvement of matrix gla protein in extracellular matrix remodeling. J Vasc Res. 2007;44(6):444-59.

21. Mantle D, Wilkins RM, Preedy V. A novel therapeutic strategy for Ehlers-Danlos syndrome based on nutritional supplements. Med Hypotheses. 2005;64(2):279-83.

Lifeextension.com


2 Comentários

  1. Aline disse:

    Tenho DVC DOI demais as minhas pernas a esquerda muito mais pq tive tromboflebite na veia safena em 2015 ate hoje DOI tomei xarelto 3 mês hoje não tomo nenhum remédio já tomei daflon diosmim mas DOI no mesmo jeito sera que posso tomar a k2 mk7m medico do SUS não me receita essa vitamina só remédios me ajude por favor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: