Início » EVIDÊNCIAS » AUMENTO DA MASSA MUSCULAR COM INIBIÇÃO DA MIOSTATINA! JÁ OUVIU DIZER?

AUMENTO DA MASSA MUSCULAR COM INIBIÇÃO DA MIOSTATINA! JÁ OUVIU DIZER?

Imagem

AUMENTO DA MASSA MUSCULAR COM INIBIÇÃO DA MIOSTATINA!  JÁ OUVIU DIZER?

Orientação expressa – email –   juliocaleiro@hotmail.com

————————————————————————————–

By; Ed. Dr. Júlio Caleiro

A inibição da sequência de aminoácidos da miostatina. A miostatina é o único e o maior fator catabólico limitativo de crescimento muscular extremo, desempenho atlético e envelhecimento! Em suma, a miostatina existe em nosso organismo e funciona basicamente em limitar o crescimento muscular, tônus ​​muscular, força e forma corporal. Basicamente, há muita miostatina no organismo e isso diminui a massa muscular e os depósitos de gordura só crescem, a força desaparece, e seu corpo se torna disforme! Da mesma forma uma redução clinicamente significativa nos níveis de miostatina no sangue, podem desencadear as “amarras” que limitam o seu potencial de construir músculos, e desenvolver-se. Talvez seja o seu problema em não conseguir aumentar sua massa muscular. Os pesquisadores estão trabalhando no desenvolvimento de bloqueio da miostatina, como a degradação muscular e atuação numa variedade de doenças graves como câncer , AIDS, distúrbios músculo esquelético e miopatias , discrasias endócrinas, anormalidades congênitas e doenças do colágeno, só para citar algumas mas em várias outras. A perda de massa muscular é uma marca registrada do envelhecimento na forma de fragilidade em homens, e a perda de tônus nas mulheres.    Enquanto isso, a comunidade atlética permanece paralisada sobre os últimos desenvolvimentos das substâncias inibidoras da miostatina e técnicas de como os atletas obteriam esta vantagem no uso de inibidores da mesma. Curiosamente, as grandes empresas farmacêuticas continuam a falhar em seus esforços para produzir sequer, um único inibidor da miostatina prescritivo viável natural de eficácia para os pacientes, pois o foco das farmaceuticas  continua ainda ser o bloqueio da miostatina com as drogas sintéticas não-naturais e de possíveis efeitos colaterais, sob patentes. Estes medicamentos experimentais farmaceuticos apresentam o fato de que eles são bloqueadores irreversíveis, pode ter efeitos secundários potencialmente nocivos. Enquanto as empresas farmacêuticas não conseguiram trazer drogas reais inibidoras da miostatina com Segurança, de uma maneira menos invasiva, há uma série de suplementos naturais não-farmacêuticos de inibição da miostatina, técnicas de inibição e substâncias que você pode saber agora.

Mas a primeira pergunta que pode vir na mente é, quanto de supressão da miostatina de forma natural é o suficiente para haver resultados? Quando olhamos para estudos de perda de músculo, vemos uma boa dica de que tipos de mudanças na miostatina no soro e como representa em termos práticos. Um estudo publicado em 1999 demonstrou que um aumento no plasma de tão pouca quantidade em torno de 12% em miostatina, correspondeu a um escalonamento 2,2 kg. Isso significa perda de 2,2kg de massa muscular magra durante 25 dias! De forma contrária em uma análise a grosso modo, uma diminuição da miostatina em torno de 12%  deve ser suficiente para estimular um ganho muscular clinicamente significativo. Com isso minha base de referência podemos então explorar as possibilidades naturais, sendo a primeira técnica o próprio treinamento com pesos. Sim, o próprio treinamento com pesos é um inibidor da miostatina natural, e faz sentido! Níveis de miostatina são mais baixos após a musculação, porque a miostatina diminui naturalmente para compensar da microlesão ocorrido durante o treinamento com pesos, e  portanto deverá ser reconstruído.

A primeira chave é o treinamento de peso de maneira correta para estimular a supressão da miostatina. Uma vez que a formação da miostatina é um processo natural no músculo, a fase de recuperação ocorre precedido por uma queda na miostatina logo após um esforço intenso sob os músculos. Esta queda transiente natural de miostatina e posterior reparação, acontece justamente quando o estímulo é suficientemente intenso e resulta em um aumento no tamanho do músculo, treinando com outras cargas semelhantes sinalizando então para a queda da miostatina. Um estudo publicado em 2004 descobriu que homens saudáveis ​​envolvidos em treinamento de resistência intensa tiveram uma diminuição de 20% na miostatina, que por sua vez resultou em um ganho de 30% na força e um ganho de 12% na massa muscular ao longo de 10 semanas de treinamento. Então, em termos de ganho muscular qualquer coisa que caia a miostatina no soro abaixo de 20% da linha de base, é provável que resulte em ganhos musculares clinicamente significativos.

Manipulações dietéticas também irá influenciar a miostatina e foi um das melhores estratégias até o momento associado à suplementos! O problema é que (Leigos) simplesmente não sabem exatamente como, e em que medida fará a restrição a ponto de não entrar em catabolismo, por isso um Nutricionista deverá ser consultado para avaliar, prescrever e acompanhar o indivíduo! Estudos em animais que fazem a restrição calórica de curto prazo, mostrou-se em ajudar a diminuir a miostatina usando um suplemento natural específico, deixando o organismo menos ácido e mais alcalino sob dieta individualizada. As limitações atuais da abordagem dietética são simples, mas que ainda não temos estudos em humanos em grande escala para apoiar qualquer método particular e ainda faltam dados para entender exatamente, como ocorre o declínio em quase 50% da miostatina com o processo de redução calórica e alcalinizaçao do corporal. Mas em algumas abordagens e estudos menores mostraram eficácia na reduação da miostatina como relatado.

Então se você é capaz de obter em suas mãos alguns inibidores da miostatina, o que se pode esperar? Os investigadores examinaram o efeito de uma dose única, de inibidores do gene da miostatina sobre o ganho de músculo e força e os resultados foram que, todos os animais tratados com os inibidores da miostatina demonstrou um aumento da massa corporal, e com um aumento bruto observável dos músculos quando analisados ​​dois anos mais tarde, em comparação com os controles ( os que usaram placebo). A massa muscular foi acompanhada por uma melhoria funcional demonstrado por um aumento na força dos membros posteriores . Não houve efeito sobre o coração, indicando que a inibição da miostatina foi seletiva apenas para o tecido do músculo esquelético.

O primeiro e natural suplemento clinicamente testado para ser inibidor da miostatina, MYO -T12 (atualmente disponível a partir da MHP como MYO -X , um avanço na ciência sobre a inibição da miostatina . Em 2009 estudos apresentaram resultados  que confirmam que os ingredientes ativos neste suplemento não só eram absorvidos e ativo no ser humano, mas também resultou em média na redução da miostatina temporariamente caindo a uma média de 46% em todas as resultados de estudos, ao longo de 12 horas.

Em resumo, a excitação em torno de inibição da miostatina só vai continuar a crescer à medida que a popularidade desta abordagem aumenta.
———————————————————————————————

Referências:

-Carlon Colker, M.D.

-Flex


7 Comentários

  1. Muito interessante! mas Doutor, me tire uma dúvida? a inibição da miostatina ocorre apenas na musculatura esquelética? Partindo do princípio que a inibição da miostatina provoca ganho de massa muscular, acredito que a inibição da miostatina em músculo cardíaco poderia causar cardiomegalia. isso é possível? (sou leigo no assunto e meu questionamento é apenas por curiosidade e não possui embasamento científico, apenas curiosidade)

    • Valdeci, felizmente os estudos não mostraram aumento de fibras cardíacas, nem em humanos ou em animais. Portanto as fíbras (células) hipertrofiadas, se restringe somente em nível músculo esquelético sem indução de problemas cardíacos.

  2. Prezados,

    Vamos para com isto. Há estudos que comprovam que estes inibidores não funcionam.

  3. luis Otavio Dias disse:

    Realmente, Dr Júlio Caleiro, não há estudos que comprovem que os inibidores de miostatina não funcionam, mas em contra-partida, não há estudos científicos que os comprovem. Veja no link abaixo:

    http://hsntraining.wordpress.com/2013/06/02/miostatina-a-bola-da-vez-do-marketing-duvidoso/

    Só acho que devemos tomar cuidado com certas coisas, pois poderemos apostar em coisas que não fazem efeitos reais.

    • Luis, Não há estudos que o comprovem? Acredito que nem você e talvez nem o autor deste blog não leram os estudos que ele mesmo postou! Na verdade o artigo leva o leitor menos avisado em não conhecer da fisiologia de que inibir a miostatina não apresentaria resultados positivos. Ademais os estudos ali postados são bem antigos, a maioria no mínimo 5 anos atrás e de PÉSSIMA METODOLOGIA. O que será que o autor do blog entende por aumento da massa muscular? O que realmente ele quer que um inibidor de miostatina faça? Ele quer efeitos como dos esteróides anabolizantes tóxicos? Abaixo estudos recentes da ação da miostatina que é realmente um grande contribuinte para o aumento da massa muscular sem dúvida alguma. Um estudo antigo que ele postou diz (“…Cinco dos pacientes receberam MYO – 029 , um inibidor de miostatina e um recebeu placebo… A preparação foi a nível de fibra muscular e utilizado para medir a força na FIBRA e FORÇA ESPECÍFICA, velocidade, potência e potência específica em fibras tipo I e IIa. Em quatro dos cinco pacientes que receberam MYO – 029 , a melhoria foi observada em propriedades individuais de fibra contrátil do músculo, assim, pode haver um efeito benéfico de inibição da miostatina na fisiologia do músculo, ao nível celular… Nenhuma melhoria foi observada no paciente que recebeu o placebo). O estudo foi para ver FORÇA, VELOCIDADE, POTÊNCIA.. etc.. mas em relação a sinalização de aumento da massa foi observado, e nenhuma MELHORIA DO PLACEBO. Um estudo péssimo pra se tomar como referência, 5 indivíduos? Isso não é nada e mesmo assim apresentou resultados positivos! Abaixo estudos mostrando os efeitos da inibição da MIOSTATINA, ATUALIZADOS! O que está abaixo é UM ‘duplo cego’ o professor que escreveu a matéria que você tem como referência sabe o que é isso? Duvido muito. Mas segue abaixo para apreciação.

      Um estudo duplo-cego em 48 mulheres pós-menopáusicas saudáveisrelataram que uma única dose da droga experimental ACE -031 (que inibe a atividade da miostatina ) produziu um aumento de 5,1 % no volume de músculo da coxa em comparação com uma redução de 0,2% em mulheres que receberam placebo ( Attie 2013 ).

      Miostatina bloqueadores reduzem Fragilidade em Idosos

      Dr. Richard D. Andrea afirma –> “…A miostatina é uma citocina que inibe a formação de músculos e promove a formação de gorduras. O bloqueio da miostatina pode reduzir os efeitos da sarcopenia, uma condição associada com a fragilidade, o Dr. Richard diz que os bloqueadores de miostatina ajuda a construir músculos melhores do que os esteróides anabólicos e ao contrário de esteróides não pode ser detectada em exame antidoping. (Haidet AM, Rizo L, Handy C,et al. Long-term enhancement of skeletal muscle mass and strength by single gene administration of myostatin inhibitors. Proc Natl Acad Sci U S A. 2008 Mar 18;105(11):4318-22).

      • Estudos recentes em animais também comprovam eficácia da sinalização de aumento da hipertrofia muscular por inibição da miostatina através de suplementos.

        “..Alguns estudos têm progredido em desenvolvimento clínico com resultados iniciais, mostrando impacto positivo no volume muscular”…”..Um aumento na síntese de proteína miofibrilar sem proliferação de células satélites e concomitante fusão, leva a hipertrofia muscular..”.

        http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24157714

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: