Início » EVIDÊNCIAS » ZINCO aumenta níveis de testosterona naturalmente

ZINCO aumenta níveis de testosterona naturalmente

testosterona

By Dr. Júlio Caleiro, nutricionista.

O zinco é vital para o funcionamento de mais de 300 hormônios e enzimas (Ann Intern Med. 1996 Jul 15;125(2):142-4), e, especificamente, é importante para a produção de testosterona.

Segundo o médico Dr. Victor Sorrentino, a deficiência na produção de testosterona gera as seguintes conseqüências: aumento da gordura corporal; diminuição do bem estar; desempenho sexual, aumento na reação inflamatória corporal e o risco de doença vascular cardíaca (infartos); declínio cognitivo (capacidade de raciocínio lógico, memória, e etc); aumento da predisposição à obesidade visceral (aquela gordura intra-abdominal que é altamente perigosa para risco de infarto); sarcopenia (diminuição da massa muscular); suscetibilidade à depressão, aumento da perda óssea, disfunção erétil. (fonte: http://www.blogdodrvictorsorrentino.com/2012/05/importancia-da-testosterona.html).

Em contrapartida, colocando a testosterona em seus níveis corretos no organismo, sanando sua deficiência, há os seguintes benefícios à saúde (Harvard, School Med, 2000) :
1. Reforça o aparelho gênito urinário;
2. Melhora o desempenho sexual;
3. Melhora o tonus da pele;
4. Melhora degenerações articulares;
5. Combate fadiga;
6. Melhora massa muscular;
7. Reforça o músculo do coração;
8. Melhora massa óssea
9. Regulariza o volume da próstata
10. Melhora libido
11. Reforça o sistema imunológico

Em um estudo, verificou-se que o zinco provocou aumento acentuado nos níveis de testosterona após 6 semanas, em homens com níveis baixos deste hormônio (Arch Androl. 1981 Aug;7(1):69-73.). Da mesma forma, outra pesquisa mostrou que a restrição do zinco levou a diminuição significativa nos níveis de testosterona, enquanto que a suplementação produziu um importante aumento (Nutrition. 1996 May;12(5):344-8.). Neste estudo, concluíram que o zinco desempenha um importante papel na modulação dos níveis de testosterona em homens.

Em mais estudos, verificou-se que o zinco está envolvido em todos os aspectos da reprodução masculina, incluindo o metabolismo da testosterona, a formação do esperma e a motilidade espermática (J Coll Physicians Surg Pak. Nov 2005;15(11):671-3.) Outro exemplo da utilidade do zinco foi comprovado em um estudo com 37 homens inférteis com diminuição dos níveis da testosterona e baixas contagens de espermatozóides. Os homens receberam uma alta dose de zinco por dia, durante 45 à 50 dias. Na quase totalidade dos pacientes, os níveis de testosterona aumentaram bastante, e a contagem de esperma aumentou entre 8 à 20 milhões (Arch Androl. 1981 Aug;7(1):69-73).

Muitas doenças que estão sendo tratadas por causas diversas, podem ter sua causa na deficiência de testosterona. Regularizando a produção deste hormônio no corpo, resolve-se uma variedade de sintomas patológicos, associados, inclusive, à depressão.

Informo que as doses terapêuticas nestas circunstâncias são elevadas, e necessitam de acompanhamento médico ou de nutricionista.

Referências:
1. Ann Intern Med. 1996 Jul 15;125(2):142-4
2. Arch Androl. 1981 Aug;7(1):69-73
3. Nutrition. 1996 May;12(5):344-8.
4. J Coll Physicians Surg Pak. Nov 2005;15(11):671-3.
5. Arch Androl. 1981 Aug;7(1):69-73
6. Harvard, School Med, 2000


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: