Início » EVIDÊNCIAS » A deficiência de IODO na gravidez pode prejudicar o desenvolvimento neurológico do bebê

A deficiência de IODO na gravidez pode prejudicar o desenvolvimento neurológico do bebê

PARA UMA INDICAÇÃO EXPRESSA – JULIOCALEIRO@HOTMAIL.COM

130618113650-large

By Júlio Caleiro, nutricionista. Fone (35) 3558-1919.

As crianças que não receberam dose suficiente de iodo no útero, apresentam desempenho pior em testes de alfabetização, de acordo com um recente estudo publicado no Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism (JCEM) da Endocrine Society.

O iodo é absorvido a partir de alimentos e desempenha um papel chave no desenvolvimento do cérebro. Mesmo a deficiência leve durante a gravidez pode prejudicar o desenvolvimento neurológico do bebe. “Nossa pesquisa descobriu que as crianças podem continuar a sentir os efeitos da insuficiencia de iodo durante anos após o nascimento”, disse o principal autor do estudo, Dr. Kristen L. Hynes, PhD, do Instituto de Pesquisa Menzies, da Universidade da Tasmânia, Austrália.

O estudo analisou 228 crianças cujas mães participaram de pré-natais no The Royal Hobart, do Hospital da Tasmânia, entre 1999 e 2001, em testes padronizados. O estudo constatou que a exposição insuficiente de iodo durante a gravidez foi associado com efeitos duradouros. Crianças com 9 anos de idade que receberam dose insuficiente de iodo no útero apresentaram menores rendimentos em testes padronizados de alfabetização, principalmente na ortografia.

Concluíram os pesquisadores que as mulheres grávidas devem tomar suplementos alimentares diários que contenham iodo para garantir uma dieta com suficiência deste mineral.

Agende sua consulta!

Referências:

1. M. Rebagliato, M. Murcia, M. Alvarez-Pedrerol, M. Espada, A. Fernandez-Somoano, N. Lertxundi, E.-M. Navarrete-Munoz, J. Forns, A. Aranbarri, S. Llop, J. Julvez, A. Tardon, F. Ballester.Iodine Supplementation During Pregnancy and Infant Neuropsychological Development: INMA Mother and Child Cohort Study. American Journal of Epidemiology, 2013; 177 (9): 944 DOI: 10.1093/aje/kws333
2. http://www.sciencedaily.com – April 30, 2013.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: