Início » EVIDÊNCIAS » Você tem HÉRNIA DE DISCO? Algumas bactérias podem ser a causa! Elimine-as, e mantenha o teu Sistema Imune regularizado!

Você tem HÉRNIA DE DISCO? Algumas bactérias podem ser a causa! Elimine-as, e mantenha o teu Sistema Imune regularizado!

Imagem

By, Dr. Júlio Caleiro

  julio4

Você Tem HÉRNIA DE DISCO, bactérias podem ser a causa! Elimine-as, e mantenha o Sistema Imune regularizado!

        Pesquisas sugerem que entre 7 a 53% dos pacientes com hérnia de disco têm um tipo de bactéria que entraram no disco ocasionando a hérnia é o que mostra alguns estudos. Os pesquisadores dinamarqueses em um outro estudo,  encontraram bactérias em 46% das hérnias discais entre os pacientes que haviam recebido cirurgia da coluna vertebral, para a dor nas costas.  Os pesquisadores então, entraram com antibióticoterapia de 100 dias, para a metade de um grupo de pacientes que lutam com dor lombar de hérnia de disco. Um ano mais tarde, aqueles que haviam tomado antibióticos relataram menos dor lombar, dor na perna e deficiência física do que o grupo placebo.  Eles também eram menos propensos a perder dias de trabalho, devido a dores nas costas.       

        Os pesquisadores estimaram que os antibióticos poderiam aliviar os sintomas de pelo menos 40% das pessoas que sofrem de dor lombar crônica.  Mas lembre-se os antibióticos podem promover o crescimento de fungos, ganho de Peso e Doenças Crônicas;  É claro que, os antibióticos convencionais pode salvar a sua vida se eles são necessários, se porventura vier a desenvolver uma infecção bacteriana grave e outras patologias infecciosas diversas aguda, mas é importante entender que eles vêm com sérios riscos. Estes antibióticos, atrapalham o equilíbrio de bactérias “boas” e “ruins” no trato gastrointestinal, muitas vezes matando ambos os microrganismos, sem distinção, desequilibrando todo o organismo! Uma vez que há manifesto bacteriana nos discos causadores de Hérnia de disco, nas porcentagens apresentadas em alguns estudos,  outros meios alternativos podem ser aplicados para eliminar a multiplicação bacteriana local, fortalecendo seu sistema imune com vários suplementos nutricionais, que são evidenciados a diminuir a infecção por bactérias , ou mesmo manter o organismo livre destes microrganismos após a terapia medicamentosa. Abaixo alguns deles.

         Otimize sua ingestão de vitamina D3 e K2, que funcionará através de uma variedade de diferentes mecanismos produtores de dor, bem como evitar o amolecimento dos ossos, que muitas vezes leva a diminuição da dor nas costas.   
        Abordar os fatores psicológicos, que muitas vezes desempenham um papel na dor nas costas; psicoterapia. Subjacente a questões emocionais e trauma não resolvido, poderá então ter uma influência enorme sobre a saúde, especialmente no que se refere à dor física. Dr. John Sarno, por exemplo usou técnicas de psicoterapia no tratamento de pacientes com dor lombar, e é autor de vários livros sobre o tema.
        Massagem terapêutica regular. Massagem libera endorfina, que ajudam a induzir o relaxamento e aliviar a dor.
-Mantenha o seu peso distribuído de maneira uniforme em seus pés, quando em pé.    
  -Sente-se adequadamente  com os pés corretamente ao chão, sem cruzar ou entrelaçar as pernas.
 -Durma em um colchão firme. Durma de lado, para reduzir a curva da coluna e alongue-se antes de sair da cama, isso também é útil.
 -Utilize cadeiras ou assentos de automóveis que ofereçam bom apoio lombar. Trocar de posições muitas vezes ao se sentar, andar um pouco e fazer alguns alongamentos leves para aliviar a tensão.
 -Use sapatos confortáveis. Para as senhoras; minimizar o tempo do uso de sapatos de salto alto, particularmente aqueles com alturas mais elevadas.
 – Beba muita água para aumentar a altura dos discos inter vertebrais, porque o corpo é composto principalmente de água, mantendo-se hidratado irá mantê-lo com bom fluido e reduz a rigidez.
  – Pare de fumar, uma vez que pode reduzir o fluxo de sangue para a parte inferior da coluna e faz com que os discos da coluna vertebral se degenere.

   – Use suplementos de OMEGA3 – ÓLEO DE PEIXE COM SELO DE QUALIDADE (IFOS).

   – Não tome medicamento sem orientação do seu médico(a)! 

         Procure o nutricionista para adequar sua suplementação e alimentação!
————————————————————————
Referências:

    European Spine Journal April 2013; 22(4):697-707
    WebMD May 10, 2013
    NYTimes.com May 12, 2013

———————————————————

    1 European Spine Journal 2013; 22(4):697-707
    2 National Centers for Health Statistics, Chartbook on Trends in the Health of Americans 2006
    3 National Centers for Health Statistics, Chartbook on Trends in the Health of Americans 2006
    4 American Chiropractic Association Back Pain Facts and Statistics
    5 Wired.com November
    6 OpEdNews.com March
    7 NYTimes.com
    8 Annals of Family Medicine March 2013
    9 Annals of Internal Medicine January 3, 2012 vol. 156 no. 1 Part 1 1-10
    10 Dr. John Sarno Official Website

MERCOLA-


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: