Início » EVIDÊNCIAS » Encefalopatia hepática pode ser reduzida significativamente por meio de doses adequadas de PROBIÓTICOS

Encefalopatia hepática pode ser reduzida significativamente por meio de doses adequadas de PROBIÓTICOS

PARA “INDICAÇÃO EXPRESSA” ENVIE EMAIL PARA – juliocaleiro@hotmail.com
—————————————-

cirrose

By Dr. Júlio Caleiro, nutricionista. Fone do consultório: (35) 3531-8423.

No ‘Liver Internacional Congress de 2013’, foi anunciado um estudo que constatou que doses corretas de probióticos reduziram significativamente o desenvolvimento de encefalopatia hepática em pacientes com cirrose hepática.O congresso atrai anualmente mais de 9.000 médicos e cientistas de todo o mundo e oferece uma oportunidade para ouvir as últimas pesquisas, perspectivas e tratamentos de doenças do fígado a partir de principais especialistas na área.

Os probióticos são microorganismos vivos (principalmente bactérias) que produzem um benefício à saúde do hospedeiro, quando administrados em quantidades adequadas.

Quanto à encefalopatia hepática, o médico gastroenterologista (Unicamp) e sócio da Sociedade Brasileira de Hepatologia, Dr. Stéfano Gonçalves Jorge, explica que:

“A maioria das teorias baseia-se na comprovação de que a concentração de amônia no sangue está aumentada nos cirróticos, especialmente naqueles com encefalopatia. A amônia é produzida principalmente no intestino e deveria ser transformada em uréia (ou glutamina, a partir de glutamato) pelo fígado e eliminada pelas fezes e urina. Essa amônia em excesso, no cérebro, afeta os neurotransmissores e portanto o funcionamento cerebral.”

O médico especialista em hepatologia, professor e pesquisador Dr. José Carlos Ferraz da Fonseca comentando sobre encefalopatia hepática, informa que:

“…na presença de insuficiência hepática ou de extensa circulação colateral (o sangue passa por fora do fígado), como a que se desenvolve na cirrose hepática, a amônia se acumula no sangue em quantidades crescentes e impregna o cérebro. Quando o fígado doente se torna incapaz de eliminar a amônia, o acúmulo dessa substância no cérebro pode causar transtornos neurológicos e psíquicos, inclusive o estado de coma ou morte.”

Doutor José Carlos traz ainda uma arrasadora informação:

“Sabe-se que 70% dos pacientes com cirrose hepática desenvolvem estado de confusão mental (encefalopatia hepática crônica). As funções intelectuais, de personalidade e de consciência e as funções neuromusculares sofrem alterações e limitações.”

Bom, e como evitar o desenvolvimento de encefalopatia hepática [que pode ser fatal]?

O estudo avaliou a eficácia de probióticos na prevenção do desenvolvimento da encefalopatia hepática em 160 pacientes com cirrose hepática, durante um período de 9 meses e foi constada melhorias significativa na redução dos níveis de amônia arteriais após três meses de tratamento com probióticos. Verificou-se que os probióticos diminuem a produção de amônia, algo de grande interesse em pacientes com cirrose hepática, e até mesmo, em pacientes com encefalopatia. Foi constatado que os doentes que tomaram placebo desenvolveram encefalopatia hepática duas vezes mais em comparação com os pacientes que tomaram probióticos sob a forma de cápsula. A prevenção para o desenvolvimento de encefalopatia em pacientes com cirrose foi surpreendente!

Logo, é extremamente importante a inclusão de doses corretas de probióticos no tratamento de pacientes cirróticos com o fim de evitar o desenvolvimento de encefalopatia hepática, conforme relatado no ‘Liver Internacional Congress de 2013’.

Friso que as quantidades adequadas para cada indivíduo é extrema importância para os efeitos positivos possam ocorrer. Não faça essa suplementação sem uma orientação médica ou de um nutricionista apto a este tipo de terapia da nutrição funcional.

Agende sua consulta e aplique uma terapia nutricional mais atualizada possível para o tratamento e prevenção de doenças!

Sugiro que assistam o trecho da aula do Dr. Lair Ribeiro, médico PhD – cardiologista e nutrólogo, ao abordar a importância da microbiota intestinal ao nosso organismo:

Página no facebook: https://www.facebook.com/NutricaoNoTratamentoEPrevencaoDeDoencas

Referências:

1. http://www.eurekalert.org/pub_releases/2013-04/eaft-pft042413.php
2. http://www.sciencedaily.com/releases/2013/04/130425103316.htm
3. http://www.hepcentro.com.br/encefalopatia_hepatica.htm
4. http://drjcfonsecaeofigado.blogspot.com.br/2009/07/o-figado-doente-e-o-estado-de-confusao_27.html
5. http://www.sciencedaily.com/releases/2013/04/130425103316.htm
6. M.K Lunia, AN OPEN LABEL RANDOMISED CONTROLLED TRIAL OF PROBIOTICS FOR PRIMARY PROPHYLAXIS OF HEPATIC ENCEPHALOPATHY IN PATIENTS WITH CIRRHOSIS. Presented at the International Liver CongressTM 2013
7. A. Agrawal, Secondary Prophylaxis of Hepatic Encephalopathy in Cirrhosis, An Open-Label, Randomized Controlled Trial of Lactulose, Probiotics, and No Therapy. Available http://www.medscape.com/viewarticle/767674_3 [Accessed 9/4/13]
8. World Health Organization and Food and Agriculture Organizationof the United Nations. Health and Nutritional Properties of Probiotics in Food including Powder Milk with Live Lactic Acid Bacteria. Ava http://www.who.int/foodsafety/publications/fs_management/en/probiotics.pdf [Accessed 9/4/13]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: