Início » EVIDÊNCIAS » Tomar bebida alcoólica ‘socialmente ou com moderação’ faz bem a saúde?

Tomar bebida alcoólica ‘socialmente ou com moderação’ faz bem a saúde?

 

Imagem

By Dr. Júlio Caleiro

     Tenho certeza que você já ouviu falar que o álcool pode ser benéfico quando consumido em quantidades moderadas  (cerca de 1-3 copos padrão de álcool por dia), mas existem milhares de estudos sobre o consumo de álcool e seus efeitos sobre sua saúde, e pesquisadores ainda não  provaram que o consumo moderado leva a uma vida mais longa e saudável.  O que se verificou no entanto, é algumas evidências mostrando danos estruturais no cérebro, bem como outros efeitos prejudiciais, mesmo quando consumido em quantidades pequenas.   É difícil imaginar qualquer benefício para a saúde, que poderia superar sua influência destrutiva no cérebro.
        Embora algumas pesquisas aponta para a possibilidade de que o consumo moderado de álcool pode realmente reduzir o risco de demência, muitos estudos indicam claramente que o consumo de álcool provoca muitas complicações neurológicas diretamente negativas.

-Como o álcool danifica seu cérebro!

    Alguns estudos na verdade tem mostrado aos pesquisadores que as concentrações de creatina e colina no cérebro diminuem, e a concentração de alcool aumenta quando se toma bebida alcoólica ‘socialmente’. A creatina está envolvida no metabolismo de energia e protege as células do cérebro, e a colina é um componente de membranas celulares.

    Pesquisador Armin Biller disse;
    “Isto indica provavelmente que o álcool provoca mudanças na composição das membranas celulares”.
           Outro estudo pouco recente, publicado na edição de abril da ‘Human Psychopharmacology’ em 2009, aborda os efeitos crônicos para o consumo moderado de álcool sobre as propriedades estruturais e funcionais do cérebro.  Usando Ressonância Magnética (RM)  eles descobriram um efeito linear negativo do consumo de álcool no volume cerebral. Eles concluíram que o encolhimento do cérebro relatado como um resultado de baixo a moderado consumo de álcool, oferece mais suporte para a afirmação de que o álcool é em geral, mais prejudicial do que benéfico para a sua saúde do cérebro e da cognição.    No entanto, outro estudo publicado na edição de março / abril 2009,  ‘Álcool e Alcoolismo’ firmaram outros estudos recentes que associam o consumo regular de álcool com várias formas de dano cerebral, tais como uma taça de vinho tinto por dia.

    Nesse estudo, os pesquisadores concluíram que:

    “Mesmo ​​bebedores sociais que não têm problemas específicos neurológicos ou hepático, mostram sinais de dano cerebral regional e disfunção cognitiva. As alterações são mais graves em outras regiões do cérebro que são danificadas em pacientes que têm deficiência de vitamina B1 (tiamina) e (síndrome de Wernicke-Korsakoff). “.
       Afinal de contas, o álcool é uma neurotoxina – pode envenenar seu cérebro. Mesmo quantidades moderadas de álcool não são recomendados, pois o álcool pode também:

    · Deixa o indivíduo mais vulnerável a vários tipos de câncer

    · Danos ao equilíbrio hormonal

    · Causa danos ao fígado

    –  O álcool deve ser totalmente evitado durante a gravidez, pois pode causar danos graves para o feto.

    Além disso, o consumo de álcool foi encontrado igualmente diminuir a capacidade de resposta do sistema imunológico para o hipotálamo, e outros sinais não-imunes. Uma resposta ao estresse físico prejudicado. Acredita-se que afetam vários sistemas do corpo, incluindo a capacidade do sistema imunológico  combater a infecção, e pode prejudicar a capacidade das células do cérebro de memória.

O que sobre o vinho tinto?

    Vinho tinto é frequentemente citado como sendo uma boa fonte de resveratrol, um antioxidante potente que tem sido demonstrado aumento no tempo de vida de uma forma semelhante à restrição calórica. Mas o que é frequentemente esquecido é o fato de que há muitas outras fontes muito mais seguras de resveratrol. Por exemplo, em vez de vinho tinto, você pode usar um suplemento de semente de uva vendido em lojas de suplementos.
    Resveratrol também é encontrada em framboesas, amoras e amendoim.  Outras fontes de antioxidantes potentes incluem bagaço de uva, mirtilo e chá verde.  O vinho tinto é definitivamente não é a melhor fonte de antioxidantes, como alguns estudos sugerem. Há grandes benefícios para consumir os bioflavanóides que estão presentes em sementes de uva e casca de uva, mas não no álcool, causado pela fermentação do açúcar na polpa da uva.  Consumir grandes quantidades de vinho também irá aumentar seus níveis de insulina, o que acabará por ter um impacto negativo na sua saúde.

Como realmente aumentar a sua saúde do cérebro?

    Beber álcool para reduzir o risco de doença cardíaca ou demência não é claramente a melhor opção. Doenças do coração, por exemplo, é realmente bastante fácil de prevenir através da implementação de mudanças de estilo de vida, que eu já mostrei largamente em artigos anteriores, tais como prática de atividade física, melhorarar os níveis de vitamina D no sangue, evitar óleos parciamente hidrogenados como o óleo de Canola, aumentar a quantidade de óleo de peixe na dieta que é rico em omega 3, ou ainda o óleo de KRILL, evitar carboidratos refinados que possuem alto índice glicêmico, que tem potêncial de desiquilibrio do sistema, ‘Insulina- Leptina’, fazendo com que o indivíduo desenvolva vários tipos de doenças, tais como hipertensão, diabetes, resistência a insulina dentre várias outras.

    Para combater  declínio cognitivo relacionado a idade, há maneiras muito mais saudáveis, mais seguro e comprovado para ficar mentalmente afiado mesmo em idade avançada. Aqui estão algumas das minhas estratégias mais eficazes:

        Comer uma dieta nutritiva, com especial atenção para evitar açúcar em abundância, inclusive de legumes como a beterraba.
        Ingerir óleo de peixe de alta qualidade – omega3
        Evitar alguns peixes para remover o mercúrio do sangue
        Evite alumínio encontrado na água potável, antitranspirantes, panelas, etc, são indutores de destruiçao de células nervosas.
        Exercite-se regularmente
        Desafie sua mente com atividades como viagens, aprender a tocar um instrumento ou fazer palavras cruzadas
        Alimente-se de resveratrol proveniente de sementes de uva muscadine; ou através de suplementação.

Referências:

 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: