Início » EVIDÊNCIAS » Saiba mais sobre, “..A ‘Química do Amor’ que atua em favor do Orgasmo e contra mal humor, fibromialgia, hipertensão e ansiedade!

Saiba mais sobre, “..A ‘Química do Amor’ que atua em favor do Orgasmo e contra mal humor, fibromialgia, hipertensão e ansiedade!

      Oxitocina é um nonapeptídeo sintetizado nos núcleos paraventricular e supraóptico do hipotálamo. Quando liberada perifericamente pela neurohipófise, atua como um hormônio que estimula a produção do leite durante a lactação e a contração uterina no parto. No entanto, quando liberada centralmente, a Oxitocina age como um neurotransmissor ou neuromodulador de diversos processos, tais como modulação da ansiedade, da libido, da interação social e regulação das respostas neuroendócrinas e cardiovasculares. Alvo de recentes pesquisas para novas indicações, a Oxitocina passou a ser considerada o “hormônio do amor”, uma vez que melhora a interação social e a realização de vínculos afetivos.  Trabalhos científicos comprovam seus benefícios nas seguintes situações:

• Crianças autistas e pacientes esquizofrênicos com dificuldade de interação social. Esta documentada a redução do nível  sérico e alteração dos receptores de oxitocina nestas patologias. A suplementação desta substância melhora o comportamento repetitivo, interação ocular e social e vínculo emocional;

 • Melhora libido feminina. A Oxitocina aumenta a lubrificação e o tônus vaginal; intensifica a experiência do orgasmo e aumenta o desejo e a memória de experiências prazerosas;

• Distúrbios de ejaculação e orgasmo em homens. Indicado para pacientes com retardo ou ausência de ejaculação (como efeito colateral do uso de antidepressivos, por exemplo),uma vez que aumenta a sensibilidade peniana e o volumedo esperma (aumenta secreções prostáticas). Intensifica a experiência do orgasmo;

• Estímulo da produção de hormônios anabolizantes como testosterona e IGF-1. Aumenta a conversão de testosterona em dihidrotestosterona e modula algumas funções do IGF-1;

• Melhora a interação social. Apresenta efeito redutor de ansiedade social, e facilita a interação e expressão de afetos, melhorando os vínculos afetivos. Reduz a ansiedade e desejo de isolamento em pacientes deprimidos e aumenta a autoconfiança ( que pode tornar-se excessiva até a psicopatia ). Os níveis de Oxitocina reduzem com a idade e a suplementação desta substância pode melhorar o humor de idosos isolados e mal-humorados;
• Promove o relaxamento muscular e diminui os sintomas
da fibromialgia;
• Diminui a hipertensão arterial e a vasodilatação coronariana

PROCURE SEU NUTRICIONISTA e/ ou médico, PARA PRESCRIÇÃO EM DOSES CORRETA e MONITORAÇÃO SANGUÍNEA.

 

Júlio Caleiro -NUTRICIONISTA

_________________________________________________________________________

Referências bibliográficas

1. Kirsch, P., et al. Oxytocin modulates neural circuitry for social cognition and fear in humans. Journal of Neuroscience. 25(59):11489-11493, 2005.

2. McCarthy, M. M., et al. An anxiolytic action of oxytocin is enhanced by estrogen in the mouse. Physiol Behav. 60(5):1209-1215, 1996.

3. Argiolas, A., et al. Oxytocin-induced penile erection. Role of nitric oxide. Adv Exp Med Biol. 395:247-254, 1995.

4. Marazziti, D., et al. The role of oxytocin in neuropsychiatric disorders. Curr Med Chem. 15(7):698-704, 2008.

5. Marroni, S. S., et al. Neuroanatomical and cellular substrates of hypergrooming induced by microinjection of oxytocin in central nucleus of amygdala, an experimental model of

compulsive behavior. Mol Psychiatry. 12(12):1103-1107, 2007.

6. Kovacs, G. L., et al. Oxytocin and addiction: a review. Psychoneuroendocrinology. 23(8):945-962, 1998.

Sarynyai, Z., et al. Role of oxytocin in the neuroadaptation to drugs of abuse. Psychoneuroendocrinology. 19(1):85-117, 1994.

7. Kirsch, P., et al. Oxytocin modulates neural circuitry for social cognition and fear in humans. Journal of Neuroscience. 25(59):11489-11493, 2005.

Kosfeld, M., et al. Oxytocin increases trust in humans.

8. Nature. 435(7042):673-676, 2005.

9. Brody, S. High-dose ascorbic acid increases intercourse frequency and improves mood: a randomized controlled clinical trial. Biol Psychiatry. 52(4):371-374, 2002

10. Millar, K., et al. Vasopressin and memory: improvement in normal short-term recall and reduction of alcohol-induced amnesia. Psychol Med. 17(2):335-341, 1987.

11. Fischer-Shofty M, Shamay-Tsoory SG, Harari H, Levkovitz Y. The effect of intranasal administration of oxytocin on fear recognition. Neuropsychologia. 2010 Jan;48(1):179-84.

12 Farmácia Essentia

 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Contador

%d blogueiros gostam disto: